PUBLICIDADE
Topo

'Medo de sair à rua', revela Germán Cano após reapresentação do Vasco

Germán Cano chegou a São Januário para a temporada de 2020 e é um dos xodós da torcida - Thiago Ribeiro/Thiago Ribeiro/AGIF
Germán Cano chegou a São Januário para a temporada de 2020 e é um dos xodós da torcida Imagem: Thiago Ribeiro/Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

01/06/2020 19h40

O Vasco se reapresentou hoje (1) para avaliações médicas visando o retorno às atividades e o atacante Germán Cano não escondeu o receio de ir à rua em meio à pandemia de coronavírus. O jogador lembrou que 16 integrantes do elenco testaram positivo para Covid-19 e o quadro pelo qual passa o Rio de Janeiro não é dos melhores.

"Estamos isolados há dois meses e hoje voltamos aos treinamentos. Ficamos sabendo que há jogadores infectados. Hoje começamos e vamos ver o que dizem porque não temos muita informação", disse, em entrevista ao canal argentino "TYC Sports".

"Me dá um pouco medo de sair à rua porque a situação aqui é bastante complicada, e também em São Paulo. Tenho que obedecer o que diz o Vasco e tenho que me apresentar no clube", completou.

Cano, que chegou a São Januário para esta temporada, afirmou ter cumprido todo o protocolo passado pelo clube para este período de isolamento social e se disse surpreso ao descobrir o alto número de resultados positivos.

"Cada um estava cumprindo a quarentena, mas não sei o que um faz, o que o outro faz. O clube deu protocolos com o que devia ser feito, e eu os cumpri. Só saí para o supermercado ou para a farmácia. Me surpreendeu quando escutei a notícia, mas também pode acontecer mesmo que você fique em casa".

O atacante assegurou que o exame dele deu negativo e também citou Martín Benítez, outro argentino do elenco.

"O teste foi feito em todos os jogadores e familiares. Ontem (31), eles nos deram os resultados e descobrimos os dos colegas. O meu e o de Martín Benítez deram negativos. Não sei os meninos tinham sintomas e nem quem são exatamente", indicou.

Vasco