PUBLICIDADE
Topo

Dupla do Fla descumpre isolamento, pedala pelo Rio e incomoda diretoria

Filipe Luís e Diego foram vistos fora de suas casas praticando atividades ao ar livre - Reprodução/Instagram e AgNews
Filipe Luís e Diego foram vistos fora de suas casas praticando atividades ao ar livre Imagem: Reprodução/Instagram e AgNews

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, em São Paulo

30/05/2020 15h20Atualizada em 30/05/2020 19h15

Dois jogadores do Flamengo descumpriram as medidas de isolamento social contra o coronavírus hoje (30), no Rio de Janeiro. O lateral Filipe Luís e o meia Diego deixaram suas residências para pedalar ao ar livre ao ar livre - contrariando protocolos médicos de autoridades da cidade e orientações do clube.

O passeio da dupla pelo bairro da Barra da Tijuca - zona oeste da cidade - não caiu bem na diretoria do Rubro-negro, segundo apurou o UOL Esporte. No protocolo do clube repassado aos jogadores, a orientação é clara: sair de casa só deve ser uma opção em caso de extrema necessidade.

Os dirigentes se irritaram com a falta de cuidado de dois dos principais líderes e responsáveis pela imagem do grupo justamente em um momento de exaustivo debate entre Flamengo e autoridades de saúde. Ao optar retomar seus treinamentos em meio à quarentena, o clube viu questionamentos de Governo, Prefeitura e Conselho de Medicina do Rio.

Titular absoluto de Jorge Jesus, Filipe Luís foi flagrado há algumas horas na saída do condomínio onde mora, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro.

Na imagem, o atleta de 34 anos aparece pedalando de bicicleta e sem usar máscaras de proteção contra a covid-19. Um dos filhos do jogador estava ao lado do pai, também sem o equipamento de segurança.

Mais cedo, o também experiente Diego publicou uma foto em que aparece ao lado de uma bicicleta em uma praia do Rio.

A atitude do camisa 10 flamenguista também descumpre uma das medidas contra a pandemia, já que há uma regra local que proíbe que pessoas circulem na faixa de areia ou entrem na água. Criticado, ele decidiu apagar a postagem horas depois.

"Peço desculpas por quaisquer transtornos que possa ter causado", afirmou, em nota divulgada por sua assessoria.

Treinos e polêmica

Há mais de uma semana, o Flamengo faz atividades individuais no Ninho do Urubu com seus jogadores.

A medida gerou incômodo entre vários clubes da Série A, que ainda não retomaram as atividades por conta do agravamento da pandemia no Brasil.

Na quinta-feira (28), o clube emitiu uma nota oficial defendeu o direito de usar o seu centro de treinamentos alegando estar cumprindo as regras exibidas pelas autoridades.

"O Flamengo entende que as atividades desenvolvidas estão aderentes às normas de segurança à saúde exigidas pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, previstas no citado decreto, dentre outras, afastamento mínimo de dois metros, contingente mínimo de profissionais trabalhando, uso de máscaras e de álcool em gel, etc. Além disso, estamos testando exaustivamente atletas e funcionários, para saber se há alguém infectado pelo coronavírus, com a adoção das medidas de estilo para o caso positivo, como já informado", afirmou o clube.

Flamengo