PUBLICIDADE
Topo

Bayern se credencia como melhor da Europa em cenários pré e pós-covid 19

Lewandowski e Davies comemoram gol do Bayern de Munique na goleada sobre o Fortuna Dusseldorf - Christof Stache/Pool via Getty Images
Lewandowski e Davies comemoram gol do Bayern de Munique na goleada sobre o Fortuna Dusseldorf Imagem: Christof Stache/Pool via Getty Images

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

30/05/2020 15h56

Classificação e Jogos

Dos "gigantes" europeus, o Bayern de Munique acabou sendo o primeiro a retornar às atividades em meio à pandemia do novo coronavírus. Bastaram apenas quatro jogos para a impressão pré-covid 19 se reafirmar: o clube da Baviera é grande candidato ao posto de melhor time europeu da tumultuada temporada 2019-2020, ainda mais pela vantagem de retomar o ritmo antes de concorrentes como Barcelona, Real Madrid, Manchester City e Juventus.

O último "recado" do Bayern no continente antes da paralisação do futebol havia sido uma vitória convincente por 3 a 0 sobre o Chelsea, no duelo de ida pela Liga dos Campeões da Europa. O desempenho na principal competição europeia é apenas um dos cinco itens que o UOL Esporte reúne para defender o clube como favorito do continente.

Sem perder na Champions

Gnabry - Toby Melville / Reuters - Toby Melville / Reuters
Gnabry comemora gol do Bayern de Munique contra o Chelsea pela Liga dos Campeões
Imagem: Toby Melville / Reuters

A Uefa ainda trabalha para voltar com a Liga dos Campeões. Enquanto aguarda o retorno do cenário europeu, o torcedor do Bayern de Munique comemora o retrospecto em altíssimo nível. O duelo contra o Chelsea em março serviu para ratificar uma campanha poderosa: sete vitórias em sete partidas.

O placar favorável de 3 a 0 em Londres também encaminha a vaga para as quartas de final, caso a Champions League retorne nos próximos meses. Até mesmo uma derrota por dois gols de diferença em Munique classifica o time para a próxima etapa do torneio europeu.

O Bayern ainda tem outro favor favorável: a eliminação do Liverpool, atual campeão europeu e que sobra na Premier League, mas que acabou eliminado pelo Atlético de Madri no último jogo da Champions antes da paralisação. Dos favoritos, o PSG já está entre os oito melhores do torneio.

Título encaminhado pós covid-19

Bayern de Munique festa - Andreas Gebert / Pool via Getty Images - Andreas Gebert / Pool via Getty Images
Bayern possui vantagem confortável e encaminhou mais um título de Bundesliga
Imagem: Andreas Gebert / Pool via Getty Images

Primeiro "gigante" europeu a voltar, o Bayern de Munique precisou de quatro partidas para praticamente assegurar o título da Bundesliga. Com o 5 a 0 de hoje (30) contra o Fortuna Dusseldorf, a equipe chegou a quatro vitórias consecutivas e abriu 10 em relação ao Borussia Dortmund, que entra em campo neste domingo, às 13h (de Brasília), para encarar o Padeborn.

Em quatro partidas desde o retorno do Alemão, o Bayern de Munique anotou 13 gols e sofreu apenas dois. O título da Bundesliga, portanto, é apenas questão de tempo.

Inovações táticas

Davies Bayern - Andreas Gebert/Reuters - Andreas Gebert/Reuters
Davies (fundo) virou lateral no Bayern e é um dos principais destaques do futebol pós-covid
Imagem: Andreas Gebert/Reuters

Diante de um cenário completamente diferente, com jogos em espaços mais curtos de tempo, o Bayern de Hans-Dieter Flick apresenta variações táticas que permitem a rotatividade do elenco. O duelo deste sábado apresentou bons exemplos sobre essa questão.

Contratado como ponta, o canadense Alphonso Davies tem se colocado como um dos principais laterais esquerdos da temporada na Europa. Ainda na defesa, hoje (30) a equipe da Baviera atuou com "quatro laterais": Davies, Lucas Hernández, David Alaba e Benjamin Pavard.

Ao se falar sobre os laterais, o Bayern ratificou a evolução de Joshua Kimmich como meio-campista. Assim como a referência do clube Philipp Lahm, que deixou a lateral para atuar mais à frente sob o comando de Pep Guardiola, o camisa 32 cresceu avançado, decidindo o duelo do meio de semana contra o Borussia Dortmund, por exemplo.

Também se destaca Thomas Muller, atuando solto no setor ofensivo e aparecendo como um dos melhores da equipe desde a volta do Campeonato Alemão.

Coadjuvantes em alto nível

Kimmich - POOL - POOL
Kimmich decidiu o duelo contra o Borussia Dortmund, que encaminhou o título Alemão
Imagem: POOL

Davies e Kimmich já foram citados, mas o Bayern de Munique desta versão tem se destacado pelo papel fundamental de coadjuvantes, que se tornam protagonistas em muitas partidas.

O time vai além de Lewandowski, Muller e Neuer, dominando rivais com atuações destacadas de nomes como Serge Gnabry, Kingsley Coman e Leon Goretzka.

Lewandowski

Lewandowski - Divulgação - Divulgação
Robert Lewandowski é o principal artilheiro da Europa na temporada 2020
Imagem: Divulgação

Por fim, Lewandowski. O centroavante polonês é um dos melhores jogadores do mundo pré e pós-covid 19. Na Alemanha, o centroavante soma 29 gols na Bundesliga e lidera a artilharia. Ninguém nas principais ligas do continente anotou tantos gols quanto o camisa 9.

Na parada Liga dos Campeões, Lewandowski também é o principal candidato à chuteira de ouro. Em sete partidas, somando o primeiro duelo das oitavas contra o Chelsea, o centroavante balançou as redes 11 vezes.