PUBLICIDADE
Topo

Osorio diz que gostaria de ver Pato jogar como Pirlo no São Paulo

Osorio durante programa da ESPN Brasil - Reprodução
Osorio durante programa da ESPN Brasil Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

29/05/2020 11h41

Juan Carlos Osorio ainda é lembrado por sua passagem pelo São Paulo, em 2015. O treinador colombiano participou do programa Resenha ESPN e falou dos tempos em que comandava o Tricolor paulista. O comandante, que hoje dirige o Atlético Nacional de Medellín, disse que o jogador que mais gostou de comandar foi Alexandre Pato.

"Gostei de trabalhar com tantos, com todos. Se tivesse que destacar um, destacaria Alexandre Pato, porque quando eu cheguei no São Paulo, perguntei para ele como e onde ele gostaria de jogar. Ele me respondeu dizendo que essa decisão era minha. Mas eu queria que ele, Alexandre, fosse o melhor Alexandre Pato de todos, para escolher onde ele atuaria melhor", disse Osorio, que chegou a compará-lo com o italiano Andrea Pirlo.

"Expliquei que via nele uma oportunidade de atuar mais ou menos como o Pirlo jogava na Juventus, com probabilidades sempre de arrematar os lances pela ponta esquerda. Ele fez 11 gols comigo pelo São Paulo naquela época", relembra o colombiano.

Osorio também fala que se encantou com o talento dos jogadores brasileiros e com a cultura do futebol jogado no país, "Existe muito futebol de rua, de bairro, de favela no Brasil. Como vocês mesmo (Alex, Djalminha e Silas) aprenderam o jogo. Assim que se deve trabalhar o futebol brasileiro. Você melhora o jogador com um trabalho mais estruturado. Não o inverso. Na Europa eles fazem o trabalho mais estruturado, porém não possuem o futebol de rua. O jogador começa a se formar com 8, 10 anos. Desde então já está acostumado a competir coisas maiores. O jogador simplesmente aprende o jogo na rua, na comunidade, quando às vezes se competem até por comida. Na Europa isso não existe.".

Além do colombiano, a atração apresentada por André Plihal conta também com a participação de Alex, Djalminha e Silas e vai ao ar hoje (29), às 22h, na ESPN Brasil.

São Paulo