PUBLICIDADE
Topo

Atlético de Madri pede volta antecipada de Caio Henrique, cedido ao Grêmio

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

29/05/2020 12h15

O Atlético de Madri decidiu encerrar o empréstimo de Caio Henrique ao Grêmio. O meia que também atua como lateral tem contrato em Porto Alegre até dezembro, mas o documento possui cláusula que permite retorno antecipado.

O UOL Esporte apurou que a posição já foi definida na Espanha e comunicada. O Grêmio diz ainda aguardar notificação oficial.

De acordo com o jornal As, da Espanha, Caio Henrique é esperado em Madri entre o final de junho e início de julho. O pedido de retorno antes do fim do empréstimo é reflexo da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

O ex-jogador de Santos e Fluminense será alternativa caseira para compor o elenco de Diego Simeone.

Caio Henrique disputou cinco jogos pelo Grêmio antes da pandemia, mas já estava com status de titular no time de Renato Gaúcho. O plano dele e do clube espanhol era cumprir o empréstimo até dezembro, mas com o novo coronavírus o cenário em Madri mudou.

Aos 22 anos, Caio Henrique chegou a Porto Alegre depois de se destacar no Fluminense em 2019. O Grêmio venceu a concorrência com outros clubes brasileiros e dividiu em duas parcelas o pagamento do empréstimo do jogador. A primeira parte já foi quitada, mas a segunda acabou adiada em virtude da quarentena.

Futebol