PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com Cavani e laterais de saída, PSG ataca mercado para reformular elenco

Alex Telles em ação pelo Porto; brasileiro pode reforçar o PSG - Divulgação
Alex Telles em ação pelo Porto; brasileiro pode reforçar o PSG Imagem: Divulgação

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris

28/05/2020 04h00

O Paris Saint-Germain já colocou em ação o plano de reformular o elenco para a temporada 2020/2021. Algumas saídas são consideradas certas, como as de Edinson Cavani, Thomas Meunier e Layvin Kurzawa. Por isso, o clube ataca o mercado da bola para garantir reforços antes mesmo da abertura da janela internacional de transferências, prevista para julho.

Cavani, Meunier e Kurzawa vão deixar o PSG após o encerramento da temporada pelo mesmo motivo: fim do contrato. A diretoria não formalizou proposta de renovação pelos três e já busca substitutos.

No ataque, a opção prioritária do PSG é garantir a compra de Mauro Icardi. O argentino está emprestado pela Inter de Milão até o fim da temporada e tem preço de compra fixado em 75 milhões de euros (cerca de R$ 436 milhões). A negociação entre os clubes já está em andamento.

Na lateral esquerda, a saída do francês Kurzawa pode ter como reposição o brasileiro Alex Telles, do Porto. O jornal português "A Bola" noticiou ontem (27) que há um acerto pela transferência do defensor por 25 milhões de euros (cerca de R$ 145 milhões).

Já na lateral direita, a vaga de Meunier ainda não tem sinais de reposição. A posição pode ser preenchida por jogadores que já estão no elenco do PSG, como o francês Colin Dagba e o alemão Thilo Kehrer.

Neymar e Mbappé são peças-chave para o PSG

A reformulação do PSG é planejada ao redor de Neymar e Kylian Mbappé. Os dois têm contrato até julho de 2022 e estão cientes da dificuldade que o clube francês impõe para quem tenta comprá-los.

Neymar segue como alvo prioritário do Barcelona, mas a crise financeira global causada pela pandemia do novo coronavírus deixou o clube catalão sem muitas perspectivas de negócio. Mbappé, alvo do Real Madrid, enfrenta cenário semelhante, já que é considerado pelo Transfermarkt, site especializado no mercado da bola, o jogador mais valioso do mundo, com estimativa de 180 milhões de euros (cerca de R$ 1 bilhão).

O PSG tenta vender outros jogadores, e quem encabeça a lista é o meio-campo Julian Draxler. Aos 26 anos e com contrato até julho de 2021, o alemão teve poucas oportunidades para jogar e está no mercado. A expectativa do clube francês é a de receber ofertas por volta de 25 milhões de euros (cerca de R$ 145 milhões).

Outras saídas prováveis

Em meio à reformulação do PSG, o goleiro Sergio Rico, o zagueiro Tanguy Kouassi e o atacante Choupo-Moting também estão em fim de contrato e sem renovação garantida. A saída do trio é vista como provável.

Quem também está perto de ver o vínculo com o clube expirar é o brasileiro Thiago Silva. No entanto, o zagueiro tem discussão em andamento com o clube para renovação por pelo menos mais uma temporada.

A reformulação do PSG não é tratada abertamente pela diretoria. O receio é de ferir um elenco que ainda está na disputa da Liga dos Campeões e tem volta prevista aos treinos dia 22 de junho. Também não há declaração de dirigentes sobre interesse em novos jogadores.

Futebol