PUBLICIDADE
Topo

Bruno Guimarães teme que Lyon e até PSG voltem à Champions em desvantagem

José Edgar de Matos e Pedro Lopes

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/05/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Bruno Guimarães vê Lyon e PSG em desvantagem na comparação com os concorrentes de Liga dos Campeões.
  • Em entrevista exclusiva ao UOL, o meio-campista brasileiro falou sobre como o encerramento do Francês pode prejudicar os times.
  • A Federação Francesa determinou o fim do campeonato em meio à pandemia do novo coronavírus.
  • Outros grandes campeonatos estão retornando. Na Alemanha, a bola já rolou desde a semana passada.
  • O PSG está classificado para as quartas de final, mas o Lyon ainda tem o duelo contra a Juventus, na Itália, para definir o confronto.
  • Na ida, com boa atuação de Bruno Guimarães, o Lyon venceu a Juve por 1 a 0.
Classificação e Jogos

Na Alemanha, o futebol voltou. Em Portugal há data para o retorno. Espanha, Itália e Inglaterra discutem protocolos e projetam os jogos restantes dos campeonatos nacionais. Na França, contudo, tudo terminou como estava antes da pandemia do novo coronavírus. Esta postura da federação e do governo francês gera temor em Bruno Guimarães, jogador do Lyon, representante do país na Champions ao lado do PSG. Afinal, há ainda um duelo em Turim contra a Juventus para ser jogado na Liga dos Campeões da Europa.

Enquanto o Paris Saint-Germain já está classificado às quartas de final do torneio, visto que atuou com portões fechados e virou o duelo contra o Borussia Dortmund, o Lyon ainda aguarda o retorno da Champions League para definir o duelo contra a Juventus, do astro Cristiano Ronaldo. Bruno Guimarães teme a falta de ritmo como um adversário, além dos italianos.

"Fico pensando. Na Itália estão voltando a treinar. Eles vão jogar o Campeonato Italiano e a gente não vai poder jogar o Campeonato Francês. E se tiver a Champions? Como a gente vai jogar contra a Juventus?", questionou o meio-campista brasileiro, em conversa exclusiva com a reportagem do UOL Esporte.

"Vamos entrar no nosso primeiro jogo da temporada, na volta, contra a Juventus em uma Champions, e eles podendo jogar o Italiano. Eles vão estar na nossa frente", reclamou.

A vantagem no confronto é do Lyon, que venceu na ida por 1 a 0, com atuação elogiada do brasileiro. A partida, entretanto, ocorreu em 26 de fevereiro. São mais de três meses de distância, resultado de uma pandemia que paralisou todo o futebol mundial.

Em meio ao avanço da Covid-19 na Europa, a França optou por encerrar os torneios locais. Na Itália, o campeonato e a copa acabaram apenas interrompidos e a data para o retorno está em discussão. A Juventus, adversária do Lyon e que decidirá o duelo dentro de casa, já voltou aos treinos.

Além do Lyon, o PSG é o outro representante da França na Liga dos Campeões. De férias, a equipe de Neymar aguarda a definição das oitavas de final para conhecer o adversário da próxima etapa.

A Uefa ainda não estipulou novas datas para encerrar a edição 2019/2020 da Champions League e também da Liga Europa.