PUBLICIDADE
Topo

Família se despede de Vadão em cerimônia restrita em Monte Azul Paulista

Vadão, técnico da seleção brasileira, antes de duelo com a França pela Copa do Mundo de futebol feminino em 2019 - Marcio Machado/Getty Images
Vadão, técnico da seleção brasileira, antes de duelo com a França pela Copa do Mundo de futebol feminino em 2019 Imagem: Marcio Machado/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/05/2020 17h56

O corpo do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, foi sepultado na manhã de hoje, às 11h, em Monte Azul Paulista - sua cidade natal -, localizada no interior de São Paulo.

O velório começou às 8h e foi restrito à família e alguns amigos próximos, devido aos protocolos de segurança por causa da pandemia do novo coronavírus.

O treinador morreu ontem, aos 63 anos, vítima da complicação de um câncer no fígado. Ele estava internado na UTI do Hospital Albert Einstein desde o último dia 18.

O último trabalho de Vadão como técnico foi com a seleção brasileira de futebol feminino. Ele acabou demitido depois da eliminação para a França, nas oitavas de final na Copa do Mundo de 2019.

Futebol