PUBLICIDADE
Topo

Vasco detecta positivos em primeira leva de testes para Covid-19

Talles Magno chega ao CT do Almirante para fazer teste do Covid-19 no Vasco - Divulgação / Instagram
Talles Magno chega ao CT do Almirante para fazer teste do Covid-19 no Vasco Imagem: Divulgação / Instagram

Bruno Braz e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

25/05/2020 11h14

O Vasco já tem o resultado da primeira leva de testes para o Covid-19 realizada na última sexta-feira (22) com jogadores, familiares e funcionários do clube. O Cruz-maltino ainda não divulgou os números e os detalhes deles, mas já se sabe que houve testagem positiva entre os atletas. Hoje (25) o departamento médico realizou os exames do restante, que estava fora do Rio de Janeiro durante o isolamento.

Em contato com o UOL Esporte ontem (24), o presidente do Vasco, Alexandre Campello, informou que aguarda a finalização e o resultado de todos os testes para definir a data de retorno aos treinamentos em São Januário.

"Vamos avaliar amanhã (25) o resultado do restante dos exames e decidir", declarou o dirigente.

Uma vez com os treinos liberados, o Vasco pretende seguir à risca o protocolo chamado "Jogo Seguro", elaborado por médicos dos clubes e a Ferj. As atividades acontecerão em São Januário e os atletas precisarão cumprir uma série de normas:

- Obrigatoriedade de ir com seu próprio veículo

- Chegar já trajado com uniforme de treino

- Hidratação e suplementação exclusiva do atleta

- Vaga no estacionamento definida para cada atleta

- Triagem para aferir temperatura e constatar se há qualquer sintoma respiratório

- Local pré-determinado no campo para treinar

- Distanciamento para realização de treinamento individualizado

- Pós-treino direto para o carro e volta para a casa com o uniforme

- Vestiários e ambientes coletivos internos fechados

Hoje, às 11h30, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, concederá uma entrevista coletiva em seu Facebook onde irá detalhar o que ficou definido na reunião de ontem com os presidentes de Vasco, Flamengo e de clubes de menor poder aquisitivo sobre a volta aos treinos e do Campeonato Carioca. Botafogo e Fluminense se recusaram a participar.

Já se sabe, porém, que a ideia é retornar com o Estadual dia 14 de junho.

E os funcionários que não tiverem carro?

O UOL Esporte conversou com pessoas ligadas ao Vasco para saber como será o procedimento com os funcionários envolvidos no dia a dia dos treinamentos. Um dos pontos de maior dúvida foi na questão dos colaboradores que não têm carro e precisam do transporte público para chegar ao trabalho.

A reportagem questionou se os funcionários que não possuem veículo particular entrarão no chamado "grupo de risco" e serão impedidos de trabalhar pela exposição ao vírus no trajeto, mas foi respondido que não, que eles apenas não terão contato com os jogadores.

Jogadores querem voltar?

Com até quatro meses de salários atrasados, a maioria dos jogadores não simpatiza com a ideia de um retorno aos treinamentos agora. No entanto, ainda não há um posicionamento oficial por parte deles e nada foi passado à diretoria.

Vasco