PUBLICIDADE
Topo

Flu garante não ter tido contato com Prefeitura do Rio por volta do futebol

Fluminense garante não ter tido contato com órgãos municipais para discutir volta do futebol - Lucas Mercon / Fluminense
Fluminense garante não ter tido contato com órgãos municipais para discutir volta do futebol Imagem: Lucas Mercon / Fluminense

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

25/05/2020 13h13

A diretoria do Fluminense, por meio de nota oficial divulgada no começo da tarde de hoje (25), voltou a garantir que não teve contato algum com a Prefeitura do Rio de Janeiro ou com o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos). O Tricolor, que é contra o retorno das atividades, afirmou que não discutiu a "volta do futebol ou para qualquer outro assunto".

Em reunião realizada ontem (24) entre Crivella, Federação de Futebol do Rio (Ferj) e clubes, ficou definido que os treinos poderão voltar a partir de amanhã (26), exceto os chamados "rachão" e "coletivo", que só vão estar liberados em junho. Houve ainda uma discussão sobre a possibilidade de o Campeonato Carioca ser retomado em 14 de junho. Botafogo e Fluminense não enviaram representantes.

"O Fluminense vem a público esclarecer que não fez nenhum contato telefônico com a prefeitura e tampouco com o prefeito, seja para tratar da reunião em que se discutiu a volta do futebol ou para qualquer outro assunto", diz a nota.

Mario Bittencourt, presidente do clube das Laranjeiras, na noite de ontem, já havia feito duras críticas a tais movimentações em prol de um retorno do futebol neste momento. Ele chegou a dizer que treino de fisioterapia com bola era "para inglês ver" e, na verdade, os treinamentos estavam liberados.

Em entrevista coletiva realizada hoje (25), Marcelo Crivella, não "bateu o martelo" sobre a volta do Estadual no próximo dia 14, como sugeriu os clubes, e condicionou o retorno da competição à curva de casos no mês em questão.

"Nós propusemos julho os jogos sem torcida, eles (clubes) pediram primeiro para verificar a curva em meados de junho. Se será na segunda quinzena de junho ou não (a volta do Carioca), isso ainda não podemos prometer, porque tem que ser de acordo com as curvas de meados de junho. Segundo nossos técnicos, a curva chegará a 0.1 ou 0.0, porém temos que esperar a confirmação", declarou.

Fluminense