PUBLICIDADE
Topo

No Flu, volta de Fred pode reeditar 'trio celeste' e retrospecto é positivo

Atacante Fred chega para coletiva no Fluminense, em agosto 2011 - Nelson Perez / Fluminense F.C.
Atacante Fred chega para coletiva no Fluminense, em agosto 2011 Imagem: Nelson Perez / Fluminense F.C.

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

24/05/2020 04h00

Com negociações avançadas para um retorno ao Fluminense, o atacante Fred, além de voltar ao clube onde é ídolo da torcida, vai poder reencontrar alguns ex-companheiros com quem trabalhou recentemente e, inclusive, teve bom retrospecto.

Fred chegou ao Cruzeiro em 2018, após passagem pelo rival Atlético-MG. Na Raposa, atuou ao lado do lateral-esquerdo Egídio e do volante Henrique, ambos no Tricolor atualmente. Em duas temporadas, os três estiveram juntos em 40 partidas - não necessariamente sendo titulares -, e obtiveram um retrospecto de 54%. Foram 18 vitórias, 11 empates e 11 derrotas.

O ala também chegou à Toca da Raposa no mesmo ano, depois de três temporadas no Palmeiras. Henrique, por sua vez, defendeu a Raposa de 2008 a 2019 e marcou o nome no clube.

Egídio, Fred e Henrique em apresentação do uniforme 2 do Cruzeiro para 2019 - Divulgação Cruzeiro - Divulgação Cruzeiro
Egídio, Fred e Henrique em apresentação do uniforme 2 do Cruzeiro para 2019
Imagem: Divulgação Cruzeiro

No Fluminense, até a paralisação por conta da pandemia de coronavírus, Egídio vinha sendo titular, enquanto Henrique lutava para recuperar espaço na equipe de Odair Hellmann. Em litígio com o Cruzeiro, Fred ainda não entrou em campo em 2020.

O camisa 9 já tem uma proposta do Fluminense em mãos e, inclusive, bases salariais já foram discutidas, indicando que um retorno é cada vez mais iminente. A diretoria tricolor, por sua vez, adota cautela e aguarda o fim dos trâmites judiciais entre Fred e Cruzeiro. Recentemente, em vídeo em celebração ao aniversário de Juliana, filha caçula de Mário Bittencourt, presidente do clube das Laranjeiras, Fred brincou:

Henrique conduz a bola sob olhares dos companheiros, como Egídio, em treino do Fluminense - Lucas Merçon / Fluminense F.C. - Lucas Merçon / Fluminense F.C.
Imagem: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

"Ei, Juju. Estou gravando um vídeo para te desejar feliz aniversário, que Deus te abençoe, dê muita saúde, muitos anos de vida. E dá um beijo na família, eu amo todos vocês. E eu estou com uma ideia aqui bem especial para você pedir para o seu pai de aniversário: pede seu pai para trazer o titio de volta", disse o camisa 9, para depois desconversar. "Beijo, Juju. Eu estou brincando, viu? Um abraço, fica com Deus, te amo!".

Egídio é "cabo eleitoral" de Fred

Parceiro de Fred no Cruzeiro, Egídio, desde a chegada às Laranjeiras, fez coro pelo retorno do atacante. Na coletiva de apresentação e em oportunidades posteriores, o jogador nunca se furtou em fazer campanha para que o camisa 9 vestisse a camisa do Flu novamente.

"O Don [apelido de Fred] tem história aqui. Deixou legado muito bom, com títulos. Eu tenho falado com ele todos os dias. E o que tenho passado são só coisas boas que têm no ambiente, no clube. Ele conhece muito os funcionários aqui. Os funcionários adoram ele, ele adora os funcionários. Ele ama esse clube e tem muita vontade de voltar. Falou que precisa resolver detalhes com o Cruzeiro. O presidente mostrou que tem interesse na volta dele. Esperamos que dê tudo certo, que ele volte e que seja aquele Fred que foi no Fluminense. Ficarei na torcida para que ele volte e ajude da melhor forma possível", afirmou, no fim de janeiro, quando foi apresentado.

Reencontro também tricolor

Caso o desfecho das negociações seja positivo e Fred defenda novamente o Fluminense, o atacante também terá um 'reencontro tricolor' com o zagueiro Digão. O defensor, que se profissionalizou nas Laranjeiras, atuou ao lado do camisa 9 entre 2009 e 2013. Ao todo, foram 55 partidas juntos, com 33 vitórias, 11 empates e 11 derrotas.

Fluminense