PUBLICIDADE
Topo

Santos tem três atletas frequentando o clube durante período de quarentena

Renyer, promessa do Santos, estreou aos 16 anos e entrou para a história - Ivan Storti/Santos FC
Renyer, promessa do Santos, estreou aos 16 anos e entrou para a história Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

23/05/2020 04h00

O Santos suspendeu as atividades de todas as categorias desde o momento da paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. No entanto, três atletas seguem frequentando a estrutura do Peixe durante o período de isolamento social para se recuperarem de lesões sofridas: Rafael Longuine, Renyer e Brena.

Os três sofreram lesões consideradas graves: rompimento do ligamento cruzado do joelho. A lesão ocorreu no joelho direito no começo deste ano e todos estão em fase de recuperação, fazendo trabalhos acompanhados pelo Departamento Médico do clube.

Longuine estava emprestado ao CRB e vinha atuando bem, marcando sete gols em 11 jogos. O vínculo com o clube alagoano vai até dezembro e o meia não sabe se retornará antes disso. O contrato com o Santos vai até maio de 2021.

Já o jovem Renyer vinha em ascensão na equipe profissional e era aposta do técnico Jesualdo Ferreira, mas sofreu a lesão em treino com seleção brasileira sub-17. O jovem é considerado uma das principais promessas do clube e tem multa rescisória de 100 milhões de euros (cerca de R$ 603 milhões na cotação atual).

"A gente tem contado com todo o protocolo do departamento médico do Santos de higienização e distanciamento para ir ao CT fazer o tratamento. É bastante estranho ir até lá diariamente nesse período, sem a resenha do dia a dia com os companheiros e os outros profissionais do clube, nem parece o mesmo lugar. Mas tenho fé de que logo, logo tudo isso vai passar e estaremos de volta à rotina normal", contou Renyer ao UOL Esporte.

A meia Brena, das Sereias da Vila, é a única que não frequenta o CT Rei Pelé. Ela trabalha junto à equipe do departamento médico da base e feminino na Vila Belmiro.

A atleta está em sua segunda passagem pelo Peixe e acumula títulos. Ela foi campeã brasileira em 2017 e Paulista em 2018. Foram 70 jogos pelas Sereias e 23 gols marcados, com atuações que lhe renderam duas eleições para a seleção do paulista.

Santos