PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Crivella se reunirá com presidentes de clubes cariocas no domingo

O Campeonato Carioca foi paralisado por causa da pandemia do novo coronavírus - Lucas Merçon / Fluminense F.C.
O Campeonato Carioca foi paralisado por causa da pandemia do novo coronavírus Imagem: Lucas Merçon / Fluminense F.C.

Do UOL, em São Paulo

22/05/2020 13h38

Propondo uma estratégia de retorno aos treinamentos, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), disse que se reunirá com presidentes dos clubes da cidade no próximo domingo (24).

"Os clubes que puderem obedecer isso, então a partir do dia 25 poderão. Ela é rigorosa, nesse domingo tenho uma reunião com presidentes de clubes. Mas faço um apelo para que as medidas sejam obedecidas, porque se os clubes que amamos não respeitam, as pessoas em casa também ficam desestimuladas", explicou Crivella em coletiva de imprensa na tarde de hoje quando perguntado sobre o plano que será apresentado na reunião.

"Tem que ser uma coisa combinada, estudada, observada pelos nossos técnicos", acrescentou.

Crivella anunciou hoje que deseja retomar as atividades econômicas na cidade, e que um plano de retorno será submetido hoje a um conselho. Nesse contexto, os clubes de futebol também apresentaram um plano.

"Os clubes apresentaram um documento e pediram para voltar aos treinamentos, ninguém falou em jogo. E houve um debate acalorado. Há sugestões da nossa equipe científica que vamos conversar no domingo. Havendo consenso podemos imaginar que voltaremos a treinar, e isso nao causará nenhum dano na nossa curva", disse.

Enquanto isso, Jair Bolsonaro (sem partido) disse ontem que conversou com Crivella sobre a volta do futebol, interrompido pela pandemia do novo coronavírus em todo o país. Em uma live, o presidente disse que "está nas mãos do Crivella".

Também nessa semana, Bolsonaro recebeu os mandatários Rodolfo Landim, do Flamengo, e Alexandre Campello, do Vasco. Na pauta do encontro, Bolsonaro discutiu com a dupla, principais entusiastas do retorno do futebol no Rio de Janeiro, as medidas para assegurar que a bola volte a rolar o mais brevemente possível, mesmo que o coronavírus ainda assombre o país.

Futebol