PUBLICIDADE
Topo

Arnaldo Ribeiro: "Clubes que dependem muito do seu torcedor vão sofrer"

Do UOL, em São Paulo

22/05/2020 04h00

Classificação e Jogos

A volta do futebol na Alemanha teve uma rodada na qual apenas o Borussia Dortmund venceu como mandante, no primeiro fim de semana com jogos desde a paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus. Sem contar com o apoio de seu torcedor, o time dono da casa passa a perder um importante aliado, em situação que poderá se refletir também no Brasil, quando for possível o retorno dos jogos.

No podcast Posse de Bola #33, o jornalista Arnaldo Ribeiro afirma que os jogos sem torcida atenuam a vantagem do mando de campo que os times tinham e a tendência é que o time mais forte tecnicamente seja beneficiado ao jogar nessas condições.

"Os clubes que dependem muito do seu torcedor vão sofrer. Eu falei com um vascaíno ilustre e o Vasco sem São Januário, sem aquela torcida ali e com um time fraco, conseguindo ganhar os pontos na marra", diz Arnaldo.

"Sem público, onde o fator emocional pesa menos, é claro que a torcida do Flamengo vai fazer falta, mas não é um impeditivo para o melhor time, pelo contrário, o Flamengo vai ter mais facilidade para jogar fora de casa. Agora, para aquele time que depende da casa dele, daquele bafo da torcida para conquistar o seus pontos na marra, isso vai fazer uma falta porque o fator mando não vai ser tão decisivo, assim como essa primeira rodada na Alemanha mostrou, o mando de campo é relativo a partir de agora", completa o jornalista.

Mauro Cezar Pereira também acredita que a ausência dos torcedores fará falta aos times mais fracos e cita a partida do Bayern de Munique contra o Union Berlin, em que o atual líder do Campeonato Alemão jogou "em ritmo de treino", mas não encontrou dificuldades para superar o adversário, mesmo atuando no estádio do adversário.

"O Union Berlin é um time de uma torcida super engajada, é do lado oriental de Berlim o time, e essa torcida não pôde estar presente. Se estivesse lá, o Bayern não ia fazer quase um treino como fez, ia ter pressão, o jogo ia ser mais duro", diz Mauro Cezar.

"O que o Arnaldo falou é perfeito. Os times mais fracos, vão sofrer mais, porque torcida, o ambiente e a atmosfera ajudam a equilibrar minimamente as forças", completa.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol