PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Marcelinho fez 13 gols de falta em 96, mesma soma do Corinthians na década

Marcelinho Carioca defende o Corinthians em 1996, temporada em que fez 13 gols de falta - Antonio Gaudério/Folhapress
Marcelinho Carioca defende o Corinthians em 1996, temporada em que fez 13 gols de falta Imagem: Antonio Gaudério/Folhapress

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

21/05/2020 04h00

Acostumado a ter grandes cobradores de falta em sua história, o Corinthians vive um período de escassez de gols de bola parada. Na atual década, o time alvinegro foi às redes dessa forma em apenas 13 oportunidades. Marcelinho Carioca, por exemplo, atingiu a mesma marca em apenas uma temporada.

Em 1996, de acordo com um levantamento feito pelo UOL Esporte, o ex-meio-campista fez 31 gols pelo Corinthians, sendo 13 de falta. Em outras temporadas, Marcelinho também se aproximou do número. Um ano antes, fez nove gols de falta, assim como em 1998. Em 1994, marcou dez [veja todos os números abaixo].

De 2011 até a temporada atual, o clube viu sete jogadores marcarem gols de falta. Seis deles, porém, fizeram apenas um gol desta forma. São eles: Fábio Santos (2011), Alex (2011), Douglas (2012), Alexandre Pato (2013), Maycon (2017) e Luan (2020).

Jadson, por sua vez, conseguiu de destacar com mais frequência no fundamento. O meia, que foi liberado pelo clube no começo deste ano, marcou sete gols de falta pelo Corinthians.

Dois deles em 2014, três em 2015, um em 2017 e mais outro em 2018. Nas temporadas 2016 e 2019, assim, o Corinthians não marcou um gol de falta sequer.

Com 56 gols marcados de falta, Marcelinho foi às redes desta forma a cada 7,73 jogos. De 1994 a 2001, com uma breve saída no segundo semestre de 1997, ele defendeu o Corinthians em 433 jogos. Na sua época, ainda houve outros jogadores com registro de gols de bola parada, como os zagueiros Gralak e Célio Silva.


Desde 2011, o Corinthians entrou em campo 659 vezes. Com apenas 13 gols de falta no período, a equipe corintiana precisa de 50,7 partidas para ir às redes desta maneira. Ou seja, um time inteiro demora quase sete vezes mais para igualar a marca de apenas um atleta.

Segundo levantamento feito pela reportagem, Marcelinho, com 206 gols pelo Corinthians, soma 82 com a bola rolando (e com o pé), 56 de falta. 47 de pênalti, 16 de cabeça e cinco olímpicos.

Compare a quantidade de gols de falta

Marcelinho (56 gols)
1994: 10
1995: 9
1996: 13
1997: 3
1998: 9
1999: 6
2000: 2
2001: 4

Corinthians (13 gols)
2011: 2 (Fábio Santos e Alex)
2012: 1 (Douglas)
2013: 1 (Pato)
2014: 2 (Jadson)
2015: 3 (Jadson)
2017: 2 (Jadson e Maycon)
2018: 1( Jadson)
2020: 1 (Luan)

Corinthians