PUBLICIDADE
Topo

Ceni no São Paulo x Marcelinho no Corinthians: Quem fez mais gols de falta?

Rogério Ceni e Marcelinho comemoram gol de falta por São Paulo e Corinthians, respectivamente - Mauricio Lima/AFP e Antonio Gaudério/Folha Imagem
Rogério Ceni e Marcelinho comemoram gol de falta por São Paulo e Corinthians, respectivamente Imagem: Mauricio Lima/AFP e Antonio Gaudério/Folha Imagem

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

19/05/2020 12h00

Ídolos de São Paulo e Corinthians, respectivamente, Rogério Ceni e Marcelinho Carioca se tornaram referência em campo, com títulos e protagonismo. Outro aspecto é comum a ambos: a capacidade de bater faltas e marcar muitos gols dessa maneira.

Qual deles fez mais gols de falta? Quem registra a melhor média de gols por jogo? E por temporada? Para responder essas questões, o UOL Esporte esmiuçou a carreira dos dois. Rogério Ceni marcou 61 gols de falta pelo São Paulo, contra 56 gols de Marcelinho com a camisa do Corinthians — o corintiano supera o são-paulino em toda a carreira, contando todos os clubes em que atuou.

O ex-goleiro entrou em campo quase três vezes mais — foram 1.237 partidas pelo time tricolor, enquanto o corintiano disputou "apenas" 433 pelo clube de Parque São Jorge. Por isso, a média de gols de Marcelinho supera a de Rogério Ceni com sobras: 0,129 x 0,049. O ex-camisa 7 fez um gol de falta a cada oito partidas. Já Rogério Ceni marcou um a cada 20 duelos.

O critério gols de falta por temporada mostra a efetividade maior de Marcelinho. Com sete anos de clube, o ex-meio-campista registrou uma média de oito gols por temporada, mais que o dobro do ex-goleiro, que apresentou média de 3,21 ao longo de 19 anos como titular (1997 a 2015).

Vale ressaltar que Marcelinho chegou ao Corinthians em 1994, com adeus no meio de 2001 — em 1997, ele atuou somente o primeiro semestre pelo clube alvinegro. Na sua melhor temporada, 1996, ele fez 13 gols de falta. O ano de maior efetividade de Rogério Ceni foi em 2005, com 11 gols.

Dos 206 gols marcados por Marcelinho com a camisa do Corinthians, oito foram em Rogério Ceni. O ex-camisa 7 fez dois de falta, três de pênalti, um com a bola rolando, um de cabeça e um olímpico. O ex-goleiro são-paulino é a maior vítima dele. Marcos, Danrlei e Zetti vêm em seguida, com sete gols sofridos.

Como o UOL Esporte chegou aos números

Os números de Rogério são mais conhecidos e confiáveis, com lista completa disponível em vídeo no YouTube. Existem, porém, muitas informações desencontradas em relação aos de Marcelinho. Com o intuito de obter o resultado mais fiel possível, a reportagem assistiu 173 dos 206 gols marcados pelo ex-meio-campista — não há registro em vídeo de 33 deles.

Dos 56 gols de falta, sete não têm registro em vídeo. A confirmação ocorreu por meio do Almanaque do Timão, do jornalista Celso Unzelte, que traz a lista completa de todas as fichas técnicas dos jogos.

O próprio Marcelinho, além disso, desvendou um mistério em relação a três gols desconhecidos. Dois gols de falta foram marcados em dois amistosos disputados pelo Corinthians durante a Copa de 1998, em 9 e 11 de julho daquele ano, contra as seleções de Itapira e de Pouso Alegre, respectivamente.

Marcelinho, além de marcar 56 gols de falta, fez 47 de pênalti, 82 com os pés (e a bola rolando), 16 de cabeça e cinco gols olímpicos. Rogério Ceni fez 61 gols de falta, um com a bola rolando (com um companheiro batendo a falta curta antes do chute do goleiro), além de 69 gols de pênalti.

Além do Corinthians, Marcelinho fez pelo menos mais 17 gols de falta por Flamengo, Santos, Vasco, Brasiliense, Santo André e seleção brasileira. Somados, eles superam a marca de 61 gols de Rogério Ceni.

Compare as médias

Marcelinho
56 gols de falta
433 jogos (média: 0,129)
7 temporadas (média: 8)

Rogério Ceni
61 gols de falta
1.237 jogos (média: 0,049)
19 temporadas (média: 3,21)

Veja temporada por temporada

Marcelinho (56 gols)
1994: 10
1995: 9
1996: 13
1997: 3
1998: 9
1999: 6
2000: 2
2001: 4

Rogério (61 gols)
1997: 3
1998: 3
1999: 3
2000: 7
2001: 2
2002: 5
2003: 2
2004: 4
2005: 11
2006: 5
2007: 2
2008: 1
2009: 2
2010: 2
2011: 3
2012: 1
2013: 2
2014: 1
2015: 2

Futebol