PUBLICIDADE
Topo

Jô nega negociação com Corinthians, mas diz: 'Volto com o maior prazer'

JÔ comemora gol - Ricardo Nogueira
JÔ comemora gol Imagem: Ricardo Nogueira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/05/2020 12h52

Atualmente no Nagoya Grampus (JAP), o atacante Jô não escondeu o desejo de voltar ao Corinthians. Negando qualquer negociação com o Alvinegro neste momento, o jogador destacou a 'forte' relação com o ex-clube e disse que retornaria ao tricampeão paulista 'com o maior prazer'.

Convidado do Sportscenter desta terça-feira, Jô tem contrato com o time japonês até o fim do ano. Sem acertar a renovação com o Nagoya, Jô agradeceu ao presidente Andrés Snachez por manter as portas do clube abertas.

"Recebo essa pergunta todo dia. Eu tenho contrato com o Nagoya até o fim do ano. Como, no meio do ano, existe a possibilidade de assinar um pré contrato já que não houve acordo de renovação com o clube, existem várias especulações sobre a volta ao Corinthians. Não existe nenhuma negociação, nenhum tipo de conversa com a diretoria. O que é certo é que ele (presidente) sempre deixou claro para mim que, se um dia eu quisesse voltar para o Corinthians, as portas estariam abertas. Ainda não tem nenhuma negociação em andamento", explicou o campeão brasileiro de 2017.

"A minha relação com o Corinthians é muito forte, e eu sempre deixei claro que a minha primeira opção seria o Corinthians. E eu vejo entrevistas do Andrés dizendo que, se o jogador estiver livre, ele aceitaria a volta. Fico feliz com isso. No final do ano eu estarei livre para escutar propostas e se a do Corinthians for uma boa oferta, eu volto com o maior prazer. É um clube que eu serei eternamente grato por tudo que passei", completou.

Em relação a uma possível redução salarial caso volte ao Corinthians, o atacante acredita que 'tudo se encaixa' com uma conversa. Vale lembrar que o Alvinegro registrou recentemente o maior déficit de sua história.

"Com uma boa conversa, tudo se encaixa", falou.

UOL Esporte vê TV