PUBLICIDADE
Topo

"Vejo o Atlético-MG em condições de vencer o Brasileiro", diz Mattos

Alexandre Mattos, diretor de futebol do Atlético-MG, crê que a equipe lutará pelo título nacional em 2020 - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Alexandre Mattos, diretor de futebol do Atlético-MG, crê que a equipe lutará pelo título nacional em 2020 Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

José Eduardo Martins e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte e São Paulo

18/05/2020 04h00

Alexandre Mattos confia no projeto do Atlético-MG em 2020. O diretor de futebol disse que vê a equipe em condições de disputar o título do Campeonato Brasileiro da atual temporada, sobretudo por ter Jorge Sampaoli no comando técnico.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, o executivo de futebol exalta também as contratações feitas por Rui Costa, seu antecessor no cargo.

"Eu vejo o Atlético-MG, sim. Até pelo nosso treinador, pela maneira como ele enxerga futebol, pelos jogadores que nós já temos. O Atlético-MG, no início do ano, contratou três ótimos jogadores, qualquer clube queria, o Arana, o Savarino, o Allan. Acho que o Atlético-MG vem remodelando o seu perfil de atletas, de aquisição", disse.

Em que pese a confiança, o diretor de futebol reforça que a intenção é quitar as dívidas do passado, principalmente com o elenco. Hoje, há atraso de pagamento da folha salarial e dos direitos de imagem dos jogadores.

"Claro que passando isso tudo, já disse, a nossa prioridade é arrumar a casa, e, posteriormente, quem sabe, fazer algumas aquisições também. Eu acho que a ideia é ser protagonista, e ser protagonista é estar na parte de cima, entendendo que tem equipes que, hoje, estão prontas. Não só Flamengo e Palmeiras. Eu acho que o Internacional é muito forte, o Grêmio é fortíssimo, eu acho que o próprio São Paulo já vem de um trabalho de mais de um ano, a maioria dos jogadores está lá há bastante tempo, o próprio Corinthians. O Atlético-MG vai tentar estar nesse bolo, e, obviamente, tentar junto... aí nós temos uma arma secreta, que todo mundo sabe, que é o torcedor", concluiu.

Atlético-MG