PUBLICIDADE
Topo

Posse de Bola #33: Reprises e futuro de Fla e Corinthians; Gols na Alemanha

Do UOL, em São Paulo

18/05/2020 12h17

Classificação e Jogos

No podcast Posse de Bola #33, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira falam sobre o fim de semana de reprises de conquistas dos times brasileiros, como o Mundial do Corinthians em 2012, a Libertadores do Flamengo em 2019 e a Libertadores do Atlético-MG em 2013, além do momento atual dos clubes, a negociação de Jorge Jesus podendo chegar a uma renovação no rubro-negro, e a volta do Campeonato Alemão.

Depois do jogo entre Flamengo e Liverpool no ano passado, em que o time inglês saiu vencedor, mas o clube brasileiro ficou marcado por atuar de igual para igual, muitos tinham a impressão de que o Corinthians que derrotou o Chelsea em 2012 jogou apenas se defendendo e por uma bola, mas Juca Kfouri diz que a reprise mostrou que o time de Tite criou sim uma quantidade razoável de chances além do gol decisivo de Guerrero.

"Eu confesso para vocês uma surpresa, eu tinha para mim com muita clareza a espetacular atuação do Cássio, o que me fazia crer que, de fato, o Corinthians não tinha jogado de igual para igual coisa nenhuma, tinha sido uma coisa muito parecida com o São Paulo quando o Rogério Ceni fez cinco defesas e foi o melhor homem em campo, como o Cássio foi o melhor homem em campo. Mas ao rever os melhores momentos, eu me dei conta que de fato o Corinthians tinha criado muitas chances de gol também", diz Juca.

"Eu acho ainda que o jogo do Flamengo com o Liverpool foi um jogo mais equilibrado, com menos chances de gol, mas mais equilibrado do que foi Corinthians e Chelsea. Mas não tenho dúvida de que você não possa dizer que o Corinthians não tenha merecido a vitória", completa o jornalista.

Mauro Cezar Pereira não viu as reprises, mas cita os méritos do time comandado por Tite no Corinthians em 2012 e critica a forma como as comparações com Flamengo de Jorge Jesus são feitas, de uma forma a colocar o outro para baixo, em sua opinião.

"Acho que é meio óbvio que a forma de jogar é diferente. O Corinthians era um time muito competitivo, muito bom, com jogadores sem o investimento que o Flamengo fez, por exemplo, o Flamengo fez um grande investimento. Você pega a defesa do Corinthians e era ela de jogadores que chegaram ao clube sem grande estardalhaço, jogadores até meio relegados alguns deles, e o Tite montou um time muito competitivo, mas são estilos diferentes, não resta a menor dúvida. O Flamengo é um time que joga um futebol mais agressivo, busca mais o gol, o Corinthians era um time que jogava muito calçado na sua defesa, o que é legítimo, são só estilos diferentes", diz Mauro.

"Eu não gosto muito dessas comparações porque eu acho que elas são muitas vezes cretinas, elas têm só um objetivo, que é tirar o mérito de um dos dois. Ou de três, se for uma comparação entre três times. Fica o corintiano tentando tirar o mérito do Flamengo e o flamenguista tentando tirar o mérito corintiano, uma grande babaquice, acho que o time do Corinthians em 2012 era ótimo, a vitória é legítima e o Flamengo fez um ótimo jogo contra o Liverpool", completa o colunista do UOL.

O episódio também aborda o possível desfecho da renovação de contrato de Jorge Jesus com o Flamengo, explicada por Mauro Cezar Pereira, os problemas financeiros do Corinthians ao mesmo tempo em que o clube tem sondagens de jogadores como Jô e Tevez, além de Fernando Diniz prestigiado por situação e oposição no São Paulo, Vanderlei Luxemburgo aparecendo bem para a torcida do Palmeiras e a análise sobre o retorno do futebol na Alemanha, na primeira grande liga a voltar a campo desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol