PUBLICIDADE
Topo

Leandro Castán: 'Vasco me fez sentir importante de novo'

Zagueiro Leandro Castan tem exercido a função de capitão além das quatro linhas no Vasco da Gama - Rafael Ribeiro / Vasco
Zagueiro Leandro Castan tem exercido a função de capitão além das quatro linhas no Vasco da Gama Imagem: Rafael Ribeiro / Vasco

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/05/2020 20h03

Zagueiro e capitão do Vasco, Leandro Castán afirmou que voltou a se sentir importante atuando no clube cruzmaltino. O jogador declarou que o time carioca foi fundamental em um momento delicado de sua carreira, após se recuperar de uma cirurgia no cérebro para retirar um cavernoma feita no fim de 2014.

Castán contou que mesmo após sua recuperação - que durou dois anos, ele passou praticamente mais dois anos sem sequência de jogo muito por conta das dúvidas que os clubes levantavam sobre sua condição física ou possíveis sequelas da cirurgia. O defensor afirmou que encontrou um tratamento diferente.

"Fiquei quase quatro anos sem jogar futebol direito. Foram dois anos parado por causa da minha cirurgia e dois anos sendo emprestado pela Roma porque não tinha espaço no time. E eu queria me sentir importante de novo. E o Vasco me abriu as portas para isso. O Vasco precisava de mim e eu precisava do Vasco. O Vasco não perguntou como eu estava, se eu tinha sequelas, todas as dúvidas que outros clubes levantavam. E a cereja do bolo foi a torcida, que me abraçou de cara, com campanha nas redes sociais. Isso me ajudou a sentir importante de novo", declarou em entrevista ao Expediente Futebol, do Fox Sports, hoje.

Referência no Vasco em seu terceiro ano no clube, Castán quer ser agente de mudança no clube carioca, assim como a equipe foi em sua carreira.

"Hoje, em meio a muita dificuldade, continuamos abraçando o clube. Acreditamos que as coisas vão mudar. É um time gigantesco, está passando por muitos problemas, é verdade, mas as coisas vão mudar e eu quero fazer parte dessa mudança", completou.

UOL Esporte vê TV