PUBLICIDADE
Topo

Ex-presidente corintiano vê modelo equivocado na construção da Arena

Roberto de Andrade comemora título paulista na Arena Corinthians - Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Roberto de Andrade comemora título paulista na Arena Corinthians Imagem: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/05/2020 21h52

Roberto de Andrade, presidente do Corinthians entre 2015 e 2018, declarou que o modelo escolhido para a idealização do projeto do estádio do clube talvez não tenha sido o mais acertado. O ex-mandatário comparou o projeto ao do rival Palmeiras, que ele acredita que foi mais bem-sucedido na escolha.

"O estádio próprio sempre foi um sonho da torcida, do clube, então, não é um erro. [...] Talvez, pudéssemos ter viabilizado o estádio em um modelo diferente. O modelo que o Palmeiras fez, por exemplo, foi mais bem-sucedido que o nosso porque, mesmo tendo trinta anos de administração da construtora, eles já têm a possibilidade de lucrar", declarou em entrevista ao Expediente Futebol, do Fox Sports, hoje.

Manutenção de Tiago Nunes

O dirigente ainda comentou sobre o trabalho de Tiago Nunes à frente do Corinthians. Roberto de Andrade acha cedo para demitir o treinador, apesar de admitir que alguns resultados melhores já poderiam ter sido mostrados pela equipe.

Na opinião do ex-presidente, o elenco corintiano ainda precisa ser reforçado, principalmente nas posições do meio para a frente.

"É muito prematuro julgar o Tiago Nunes. Lógico que os resultados poderiam ter aparecido antes, mas não é fácil montar um grupo. O Corinthians necessita de algumas peças ainda. Acho que ele tem um time bom, com uma defesa sólida, mas, do meio para a frente, poderiam chegar uma ou duas peças. Eu insistiria com o Tiago. É muito cedo para mexer no trabalho dele. E quando um time fica mudando muito de treinador, não funciona. E não é só no Corinthians. Não funciona em lugar nenhum. Cada treinador que chega, traz um jogador que gosta e o time acaba virando uma colcha de retalhos. Já aconteceu no Corinthians, tem muitos jogadores que foram pedidos pelo Carille e que não estão sendo utilizados", completou.

UOL Esporte vê TV