PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Atlético-MG define saídas de Ricardo Oliveira, Di Santo e mais cinco

Ricardo Oliveira, atacante do Atlético-MG, está fora dos planos da comissão técnica de Jorge Sampaoli - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Ricardo Oliveira, atacante do Atlético-MG, está fora dos planos da comissão técnica de Jorge Sampaoli Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

08/05/2020 15h12

O Atlético-MG definiu que sete jogadores não terão que se reapresentar ao elenco na próxima segunda-feira (11), quando serão feitos testes para diagnosticar se os atletas estão contaminados com o novo coronavírus. Ricardo Oliveira, Franco Di Santo, Lucas Hernández, Ramón Martínez, Zé Welison, Edinho e Clayton estão fora dos planos de Jorge Sampaoli e não participarão das atividades com o restante do grupo.

A definição foi feita pelo técnico Jorge Sampaoli, que está disposto a reconsiderar algumas saídas do elenco que está à sua disposição. Os atletas foram avisados durante a paralisação do esporte por causa da pandemia do novo coronavírus.

Os jogadores seguem com contrato em vigor, mas estão autorizados a buscar novos clubes na janela de transferências. Eles ainda não definiram o futuro.

A informação sobre as saídas de Ricardo Oliveira, Franco Di Santo, Lucas Hernández, Ramón Martínez, Zé Welison e Edinho foi inicialmente divulgada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo UOL Esporte, que confirmou também o adeus de Clayton. O Galo não trata o caso de forma oficial, mas, sim, internamente.

O Atlético tem uma ordem de prioridades no mercado da bola. O clube busca um centroavante e um zagueiro nos próximos meses para reforçar o elenco comandado por Jorge Sampaoli.

Atlético-MG