PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Pensar na saúde: Estrelas da Série A se manifestam pela 1ª vez em pandemia

Do UOL, em São Paulo (SP)

04/05/2020 21h43

Estrelas da Série A do Campeonato Brasileiro como Everton Ribeiro e Diego (Flamengo), Felipe Melo (Palmeiras), Cássio (Corinthians) e Fernando Prass (Ceará) se manifestaram pela primeira vez sobre a pandemia do coronavírus e a paralisação do futebol nacional. O vídeo que reuniu atletas foi produzido pela Fenapaf (Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol).

Em um trecho que reúne depoimentos curtos de nomes como os rivais mineiros Victor (Atlético-MG) e Fábio (Cruzeiro), os atletas defendem a volta da modalidade somente com aval das autoridades médicas.

"O povo brasileiro ama e quer o futebol. Nós amamos e queremos voltar, nossas famílias precisam de nós. Somos todos pelo trabalho, mas precisamos pensar na saúde de todos nós. Trabalho seguro, grandeza da nação. Com fé, venceremos essa partida juntos", diz o vídeo com os jogadores.

Além de abordar a pandemia, a mensagem da Fenapaf também fala sobre o polêmico Projeto de Lei do deputado federal Arthur Maia (DEM-BA). Ele propõe a redução de 50% na cláusula compensatória em caso de rescisão do clube com um jogador. Assim, o atleta profissional teria metade a apenas metade do que hoje poderia receber, caso o contrato fosse encerrado por uma equipe.

No depoimento, nomes como Prass, Diego e Leandro Castán (Vasco) reclamam do fato de a classe não ser ouvida. O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) publicou uma emenda para derrubar esta cláusula, alegando que a redução das rescisões seria um convite para administrações irresponsáveis no futebol nacional.

"Brasil, é hora de união de todos. Somos um povo, uma nação. Temos diferentes realidades na nossa classe; a maioria trabalha só três meses por ano; 95% de nós recebe menos do que dois salários mínimos. Mudar as leis sem ouvir a gente? Isso não é legal, por isso estamos aqui e precisamos sermos ouvidos com atenção", dizem os atletas.

Esta é a primeira manifestação conjunta de jogadores deste calibre sobre os dois assuntos.

Nesta segunda-feira (04), atletas de Internacional e Grêmio se reapresentaram após o período de férias. Em São Paulo, por outro lado, a federação decidiu em conjunto com clubes que ainda não há uma data definida para a volta dos times aos seus centros de treinamento e nem para jogos do estadual.