PUBLICIDADE
Topo
Comprar ingresso
Comprar ingresso

Corinthians

Corinthians tem déficit de R$ 177 milhões em 2019 e bate recorde do clube

Andrés Sanchez voltou ao comando do Corinthians no começo de 2018; mandato vai até o fim do ano - LUIS MOURA/WPP/ESTADÃO CONTEÚDO
Andrés Sanchez voltou ao comando do Corinthians no começo de 2018; mandato vai até o fim do ano Imagem: LUIS MOURA/WPP/ESTADÃO CONTEÚDO

Diego Salgado e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

04/05/2020 17h55

A crise financeira do Corinthians atingiu outro patamar hoje (4) com a divulgação do déficit registrado pelo clube na temporada passada. O saldo negativo corintiano nas contas de 2019 atingiu a marca de R$ 177 milhões, recorde histórico alvinegro.

A informação foi divulgada inicialmente pelo Meu Timão e confirmada pela reportagem do UOL Esporte. O mais novo déficit é o terceiro seguido nas contas do Corinthians e supera de longe o apresentado em 2015, quando as perdas atingiram R$ 97,1 milhões (o valor corrigido pelo índice IPCA é de R$ 116 milhões).

O tamanho do rombo financeiro do Corinthians pode ser medido com uma comparação com os resultados de 2018, quando o clube já estava no vermelho pelo segundo seguido. Naquela ocasião, o déficit atingiu R$ 18,8 milhões. O saldo negativo do ano passado é, portanto, quase dez vezes maior — em 2017, ele chegou a R$ 35,1 milhões.

Procurado pelo UOL Esporte, o Corinthians disse, por meio de sua assessoria de imprensa, que "o balanço está sob análise dos conselhos e só poderá ser comentado após cumprir as formalidades, tornando-se público".

Nos últimos dias, o clube anunciou a redução de 70% dos salários dos funcionários diante da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus. Em seguida, decidiu reduzir 25% dos vencimentos dos jogadores do elenco.

No último dia 23, a luz da sede social, no Parque São Jorge, foi cortada pela Enel, distribuidora de energia elétrica que opera no estado de São Paulo. O fornecimento de energia só foi restabelecido quatro dias depois. O clube atribuiu o fato que à mudança na rotina de trabalho em home office devido à pandemia do Covid-19.

Déficits anuais do Corinthians

2019: R$ 177 milhões
2018: R$ 18,8 milhões
2017: R$ 35,1 milhões
2015: R$ 97,1 milhões
2007: R$ 23,3 milhões

Superávits anuais do Corinthians

2016: R$ 31 milhões
2014: R$ 230 milhões
2013: R$ 1 milhão
2012: R$ 7,5 milhões
2011: R$ 5,3 milhões
2010: R$ 3,7 milhões
2009: R$ 5,8 milhões
2008: R$ 10,9 milhões

Corinthians