PUBLICIDADE
Topo

Xavi sobre final da Copa das Confederações de 2013: 'Não fomos nós mesmos'

Xavi Hernández, técnico do Al-Sadd e ex-Barcelona - Nikku/Xinhua
Xavi Hernández, técnico do Al-Sadd e ex-Barcelona Imagem: Nikku/Xinhua

Colaboração para o UOL, em São Paulo

03/05/2020 18h14Atualizada em 03/05/2020 19h41

Durante a reexibição de Brasil 3 x 0 Espanha, pela final da Copa das Confederações de 2013, hoje (3), a TV Globo mostrou o depoimento de Xavi, um dos principais jogadores daquela seleção espanhola. O ex-meia, que hoje é treinador do Al-Sadd (QAT), declarou a Espanha não conseguiu praticar o futebol que estava acostumada e admitiu a superioridade brasileira na maior parte do jogo.

"A nossa seleção passou por uma semifinal muito desgastante contra a Itália, em que só vencemos nos pênaltis. Na final, não fomos nós mesmos. Não conseguimos colocar em prática o nosso jogo. E o Brasil foi superior. Tivemos uma chance clara de empatar o jogo com o Pedro, no primeiro tempo, mas não aproveitamos", disse, recordando o lance em que o atacante espanhol superou o goleiro Julio César, mas viu David Luiz tirar a bola em cima da linha.

Outro fator de desequilíbrio na opinião do ídolo do Barcelona foi Neymar. Xavi recordou que o atacante brasileiro foi decisivo em, pelo menos dois lances.

"Lembro que Neymar fez a diferença nesse jogo fazendo um gol e expulsando o Piqué. Tem jogos que o rival te supera, e nesse caso nos superaram tecnicamente e fisicamente e estiveram melhor do que nós", completou.

Além da participação de Xavi, a transmissão teve o comando de Luís Roberto, e comentários de Roger Flores e Galvão Bueno - de casa.

Participação dos campeões

Seguindo o padrão das grandes partidas da seleção brasileira exibidas no horário nas últimas semanas, a transmissão contou com a participação de figuras que participaram daquela conquista. O ex-goleiro Júlio César e o zagueiro Thiago Silva compartilharam suas impressões antes do jogo e no intervalo.

O atacante Fred participou com um vídeo gravado. Nele, o jogador analisou três lances parecidos com o primeiro gol que ele marcou naquele jogo, quando já estava caído.

UOL Esporte vê TV