PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Enel diz que Corinthians ficou 4 dias com luz cortada e avisou clube antes

Entrada principal do Parque São Jorge, sede social do Corinthians - Reprodução/Wikipedia
Entrada principal do Parque São Jorge, sede social do Corinthians Imagem: Reprodução/Wikipedia

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

28/04/2020 15h32

A Enel, distribuidora de energia elétrica que opera no estado de São Paulo, afirmou que o corte de energia da sede social do Corinthians, no Parque São Jorge, aconteceu na última quinta-feira (23), depois de enviar aviso prévio ao clube.

O fornecimento de energia, ainda de acordo com a Enel, foi restabelecido ontem (27), quatro dias depois, mediante o pagamento do débito. O clube teria usado geradores em um primeiro momento e passou a negociar com a companhia um dia depois do corte.

Em nota divulgada no sábado (25), o Corinthians explicou que a falta de pagamento aconteceu em meio à mudança na rotina de trabalho em home office devido à pandemia do Covid-19. "Houve um erro em função do rodízio de funcionários", disse o clube.

A sede do Corinthians está fechada desde o dia 18 de março. O local está fechado por tempo indeterminado por causa do avanço do coronavírus no mundo.

Cinco dias antes, o Corinthians decidiu suspender todas as atividades no clube por causa da pandemia. Na ocasião, somente as competições oficiais foram mantidas, mas sem torcedores nas arquibancadas.

Confira a nota enviada pela Enel ao UOL Esporte

A Enel Distribuição São Paulo informa que realizou, na última quinta-feira (23), o corte de energia do Parque São Jorge, sede oficial do Corinthians, na capital paulista, devido ao não pagamento da conta de luz pelo Clube. A empresa somente tomou a decisão de interromper o fornecimento de energia após enviar aviso prévio ao cliente. A companhia acrescenta que, hoje [27], o fornecimento de energia do local foi restabelecido, após o pagamento acordado.

Veja também a nota do clube divulgada à imprensa no sábado (25)

O Sport Club Corinthians Paulista informa que em virtude da mudança na rotina de trabalho em home office devido à pandemia do Covid-19 houve um erro em função do rodízio de funcionários e foi suspenso o fornecimento de energia da sua sede. As tratativas com a Enel distribuidora foram encaminhadas na última sexta-feira (24), e o serviço deverá ser restabelecido na próxima segunda-feira (27).

Corinthians