PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Não faço doações. Faço o que eu quero, como eu quero", diz Adebayor

Emmanuel Adebayor, do Olimpia, diz que não fará doações durante pandemia - Jorge Adorno/Reuters
Emmanuel Adebayor, do Olimpia, diz que não fará doações durante pandemia Imagem: Jorge Adorno/Reuters

Do UOL, em Porto Alegre

23/04/2020 08h47

Enquanto muitas estrelas do futebol mundial estão fazendo doações para amenizar os problemas que ocorrem em razão da pandemia de coronavírus, o centroavante Emmanuel Adebayor, que defende o Olimpia, do Paraguai, foi no caminho contrário. Segundo ele, não fez nem fará qualquer doação.

As declarações foram veiculadas pelo jornal Marca, da Espanha.

"Para aqueles de vocês que dizem que eu não faço doações, vou deixar muito claro: não faço doações. É muito simples. Faço o que eu quero, como eu quero. Mais tarde, haverá pessoas que me criticarão por não fazer uma doação em Lomé", disse o togolês.

Adebayor está passando o período de quarentena em Lomé, capital de Togo. E ainda mostrou algum ressentimento com a cidade.

"Alguns pensam que fui eu quem introduziu a doença em Lomé. É uma pena, mas este país é assim. Podem me comparar com Drogba e com Eto'o (que fizeram doações em seus países), mas infelizmente eu sou eu, não sou eles. Sou Emmanuel Sheyi Adebayor e sempre farei o que eu quiser", completou.

Com 36 anos, Adebayor tem uma vasta carreira no futebol. Com passagem por grandes clubes na Europa, como Monaco, da França, Arsenal, Manchester City e Tottenham, na Inglaterra, e Real Madrid, da Espanha, o jogador tem quatro partidas disputadas pelo Olimpia, do Paraguai, até agora.

Futebol