PUBLICIDADE
Topo

Jogador do Lyon: Vai levar tempo para Tiago Nunes fazer o Corinthians jogar

Bruno Guimarães posa com camisa 39 do Lyon - Divulgação
Bruno Guimarães posa com camisa 39 do Lyon Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/04/2020 13h16

Para Bruno Guimarães, meia do Lyon (FRA), Tiago Nunes precisará de tempo para implementar seu estilo de jogo no Corinthians. Convidado do Jogo Aberto desta quinta-feira, o atleta, que trabalhou com o treinador no Athletico-PR, afirmou que o Alvinegro precisará ser paciente, já que o comandante tenta mudar a característica de jogo do atual tricampeão paulista.

Campeão tanto da Sul-Americana quanto da Copa do Brasil ao lado de Tiago Nunes, Bruno Guimarães ainda falou sobre seu relacionamento com o comandante, e lhe desejou sucesso no Corinthians.

"Creio que o Corinthians vem mudando muito a característica de jogo. O Corinthians era um time que só marcava, ele (Tiago Nunes) está tentando fazer o time jogar. Creio que isso leva um tempo. Ele é um grande treinador, fico na torcida por ele. Ele é um paizão para mim. Quando eu vim para cá, ele me ligou, a gente também troca mensagem. Eu torço muito por ele. Acho que vai dar certo sim, se tiver um pouco mais de paciência. É complicado mudar o estilo de jogo, então tem que ter um pouco mais de paciência", disse Bruno Guimarães, que recordou a chegada do treinador ao Athletico-PR:

"A gente conquistou muitas coisas no Athletico, Sul-Americana, Copa do Brasil. Ele (Tiago Nunes) pegou o time num momento que a confiança de todos estava lá embaixo. Ele conseguiu reerguer a confiança".

Além de Nunes, Bruno falou sobre outro antigo companheiro de clube, o atacante Rony, atualmente no Palmeiras. Destacando a entrega do jogador em campo, o meia do time francês espera que, assim como ele, o alviverde consiga chegar à seleção brasileira. Bruno Guimarães foi convocado para os primeiros jogos das Eliminatórias para a Copa do Mundo, adiados por conta da pandemia de coronavírus.

"O Rony é um grande jogador. É aquele que, se você mandar, ele tira a bola de carrinho na área. É um cara que ajuda muito defensivamente também. É um cara que vai para cima, não tem medo de jogar. É um jogador que toda a torcida gosta, dá a vida pelo time. Acompanhei uns jogos dele do Palmeiras, foi bem, já deu passe para gol. Fico feliz por ele. Espero que possa dar tudo certo e ele também possa seguir esse caminho de seleção", afirmou.

UOL Esporte vê TV