PUBLICIDADE
Topo

Santos encontra e presenteia garoto sírio que viralizou com camisa do clube

Khamis, garoto sírio de 7 anos vítima da guerra que viralizou com a camisa do Santos - Reprodução
Khamis, garoto sírio de 7 anos vítima da guerra que viralizou com a camisa do Santos Imagem: Reprodução

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

07/04/2020 04h00

O jovem Khamis Alghajar, de 7 anos, chamou atenção nas redes sociais ao postar vários fotos utilizando a camisa do Santos na Síria, sua terra natal. O Peixe conseguiu encontrar o garoto por meio do pai e vai enviar uniformes oficiais ao jovem que é vítima da guerra em seu país.

Khamis perdeu parte da perna direita durante a guerra em uma explosão que também destruiu a casa onde sua família vivia. Apaixonado por futebol, ele ganhou uma chuteira autografada de Mohamed Salah, atacante do Liverpool, e contou ao UOL Esporte por que usa a camisa do Santos.

"Na Síria, nós amamos o Brasil, o amor por esportes é muito brasileiro. O Santos vem nos divertindo muito e descobre vários grandes jogadores. Pelé é um super jogador. O Santos é muito famoso aqui. O prazer do futebol existe no Santos", disse Khamis em entrevista ao UOL Esporte.

Após o ocorrido, o garoto vive com o pai em tendas na fronteira entre a Síria e a Turquia, pois faz tratamento no país vizinho — único lugar por perto para cuidar da prótese que tem na perna. A notícia de que iria receber uma camisa do Peixe deixou o garoto contente.

"Estou muito animado. Minha grande esperança é que o Santos ajude minha família, porque estamos cansados. Nos faltam coisas essenciais para viver na Síria. O Santos é minha única esperança para resgatar minha família", confessou o garoto.

Nas fotos e vídeos, o jovem sírio aparece com duas camisas diferentes do Santos, uma delas com o nome de Neymar e o número 11 nas costas. Ele conta como conseguiu a camisa.

"Comprei aqui na Síria, na parte de trás dos mercados. Aqui as camisas da estrela Neymar são anunciadas como 'Santos com nome e número de Neymar'. Compramos imediatamente", recordou.

Além de enviar uniformes atuais e de Neymar, o Peixe estuda uma maneira de ajudar também a família de Khamis.

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do informado anteriormente, Khamis perdeu parte da perna direita durante a guerra, não da esquerda.

Santos