PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torcedor não vai ter dinheiro para assistir futebol, diz Paulo Pelaipe

Do UOL, em São Paulo

03/04/2020 13h54

Paulo Pelaipe, atual diretor de futebol do São Caetano, prevê dias difíceis para os torcedores após a pandemia do novo coronavírus. Durante o UOL Debate sobre o futuro do futebol após a paralização dos campeonatos pelo mundo, o dirigente acredita que o "torcedor não vai ter dinheiro para assistir futebol".

"Não aguentamos mais ficar em casa vendo Netflix. As pessoas terão saudade, mas não terão dinheiro para comprar ingresso. A crise está grande e vai ficar pior", disse Palaipe.

Marco Aurélio Cunha, coordenador de Futebol Feminino da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), outro convidado do debate, tenta uma visão mais otimista. "Cabe ao grande dirigente ver o preço do ingresso, do deslocamento, é hora da criatividade e não do pessimismo", afirmou.

Renato Maurício Prado, colunista do UOL, também comentou que o lado financeiro do futebol deve passar por mudanças após a pandemia.

"Não dá para julgar o que aconteceu neste período como o que seria no período normal. Não tem como. O que eu acho é que o futebol e o mundo sairão diferentes da pandemia. O futebol, também, [saíra] diminuído em termos de valores. Não consigo ver a pandemia passar e a economia seguir aceitando pagar os valores atuais do futebol. Acontecerá em todos os níveis e o futebol principalmente", disse.

Futebol