PUBLICIDADE
Topo

Sampaoli quer reduzir elenco do Atlético-MG, mas ainda não definiu saídas

Jorge Sampaoli, treinador do Atlético-MG, espera trabalhar com um plantel reduzido em 2020 - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Jorge Sampaoli, treinador do Atlético-MG, espera trabalhar com um plantel reduzido em 2020 Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

03/04/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Jorge Sampaoli quer trabalhar com um número reduzido de jogadores no Atlético-MG. A ideia é ter cerca de 25 nomes no decorrer da atual temporada
  • O plantel conta com 30 atletas, e ele pediu cinco reforços. Para deixar o grupo enxuto, técnico e departamento de futebol terão que definir saídas
  • O argentino ainda não decidiu quem ele quer que deixe o time. Porém, conversa com o diretor de futebol Alexandre Mattos diariamente e discute opções
  • Mattos e Sampaoli veem jogos durante a paralisação por causa da pandemia do coronavírus com o intuito de avaliar os jogadores que estão no plantel

Jorge Sampaoli quer trabalhar com um número reduzido de jogadores no Atlético-MG. A ideia é ter cerca de 25 nomes no decorrer da atual temporada. Hoje, o plantel que tem à disposição conta com 30 atletas, e ele já pediu ao menos mais cinco reforços no mercado da bola. Para deixar o grupo enxuto, técnico e departamento de futebol terão que definir saídas.

O argentino ainda não fez uma lista dos atletas que ela deseja dispensar do elenco. No entanto, conversa com o diretor de futebol Alexandre Mattos diariamente e discute possibilidades. A dupla tem a incumbência de decidir as saídas do plantel.

Alexandre Mattos e Jorge Sampaoli veem vídeos de jogos da equipe durante a paralisação por causa da pandemia do coronavírus com o intuito de avaliar os jogadores que estão no plantel. O diretor de futebol acompanhou dois treinos do elenco após a sua contratação, e o treinador teve apenas uma semana de trabalho. A dupla espera chegar ao fim da pausa do esporte com o máximo de decisões tomadas sobre o mercado da bola.

O treinador pediu cinco reforços no mercado da bola. A intenção do comandante é contar com um goleiro, um zagueiro, um meio-campista e dois atacantes. Há uma lista com jogadores definidos para as posições solicitadas. Léo Cittadini, do Athletico-PR, e Léo Sena, do Goiás, são nomes que agradam ao comandante.

Atlético-MG