PUBLICIDADE
Topo

Conselho gestor do Cruzeiro completa 100 dias e divulga principais mudanças

Conselho gestor do Cruzeiro assumiu o comando do clube após a saída de Wagner Pires, no final de 2019 - Cruzeiro/Divulgação
Conselho gestor do Cruzeiro assumiu o comando do clube após a saída de Wagner Pires, no final de 2019 Imagem: Cruzeiro/Divulgação

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

02/04/2020 12h35

Nesta quinta-feira (2), o Núcleo Dirigente Transitório do Cruzeiro completa 100 dias à frente do clube mineiro. Em pouco mais de três meses, o grupo, hoje composto por nove integrantes, traçou como objetivo colocar a instituição novamente nos trilhos e iniciar uma reestruturação em uma temporada para lá de desafiante para a Raposa. Em seu site oficial, o Cruzeiro publicou as principais mudanças feitas depois da saída de Wagner Pires de Sá, que renunciou ao cargo de presidente no mês de dezembro.

"Reunimos todos os esforços possíveis, para fazer o melhor pelo Cruzeiro. O Conselho Gestor teve muitos desafios neste período e no começo havia até a dúvida, se o Cruzeiro se reergueria, mas os primeiros passos foram dados e fizemos uma base, com ações em todas as áreas. Tudo isso para que o Cruzeiro se mantivesse firme e conseguisse entrar em campo, representando cada torcedor que acredita nas cinco estrelas", disse Saulo Fróes, presidente do Conselho Gestor.

No final do ano passado, o então presidente Wagner Pires de Sá renunciou ao cargo, assim como seus dois vices. Assim, foi criado o Núcleo Dirigente Transitório, que ainda é responsável por administrar o Cruzeiro até que um novo presidente seja eleito. A proposta inicial era de realizar duas eleições: a primeira, em maio, para um mandato tampão que valeria até dezembro (final da gestão de Wagner), e a segunda em outubro, elegendo um presidente para o triênio 2021-2023. No entanto, por causa da pandemia do novo coronavírus, o planejamento da Raposa será afetado, e o clube vive um cenário de incertezas também sobre seu futuro político.

"Com a pandemia do coronavírus as receitas caem e tudo fica ainda mais complicado. Estamos estudando medidas, conversando e negociando o que podemos. Mas é importante destacar o que fizemos até agora, com o enxugamento geral das despesas, além de outras frentes importantíssimas que iniciamos e que impactam em toda a vida do Clube, como as negociações das dívidas na Fifa e a manutenção do Cruzeiro no Profut. E temos uma série de outras iniciativas em curso, na parte de inovação, tecnologia e no programa de sócio, que vão gerar ótimos frutos", acrescentou Saulo.

Veja, abaixo, as principais ações divulgadas pelo Cruzeiro:

Clube:

- Redução de 81% da folha salarial geral, que está em dia (de 16 para 3 milhões/mês); com uma economia anual estimada em 156 milhões;
- Esboço do novo Estatuto em fase final de revisão, para ser encaminhado aos conselheiros para discussão;
- Início da renegociação com os clubes que geraram processos na FIFA;
- Apresentação de defesa para retorno do Cruzeiro ao Profut;

Institucional:

- Novo relacionamento com entidades como CBF, FIFA e FMF;
- Retomada da credibilidade do Clube em várias áreas;

Futebol/Esporte

- Mudanças na comissão técnica do futebol profissional;
- Renegociação com atletas e comissão técnica do futebol profissional;
- Análise de todos os contratos de aquisição de jogadores e as negociações com agentes;
- Grupo reduzido de quatro pessoas no grupo gestor para dar suporte ao departamento de futebol;
- Reforço e valorização das categorias de base;
- Intenção de retomada e busca de parceiros para a volta da equipe de atletismo;
- Novo relacionamento e valorização da equipe de vôlei Sada Cruzeiro;

Administrativo

- Economia de mais de 25 milhões/ano, com a revisão de todo o quadro de colaboradores, sendo demitidos 110 funcionários e prestadores de serviço;
- Renegociação com credores e fornecedores;
- Desativação de dois andares da Sede Administrativa, para diminuição de gastos com energia e manutenção;
- Cancelamento de cartão corporativo para uso do presidente e diretores;
- Suspensão de todas as linhas telefônicas de uso da diretoria (os gestores usam sua linha particular);
- Venda de veículos que eram usados pela presidência e diretoria;

Transparência

- Assinatura de contrato com a Kroll, para investigação corporativa;
- Lançamento do Portal de Transparência;
- Assinatura de contrato com a Moore, para auditoria contábil;
- Acompanhamento das investigações com as polícias e Ministério Público;

Inovação

- Criação do Comitê de Inovação e Tecnologia, coordenado pela Samba Tech;
- Planejamento Estratégico Digital;
- Reestruturação da área de TI, que foi terceirizada pela administração anterior;

Marketing/Comercial

- Lançamento do Sócio Reconstrução e reformulação do programa Sócio Cinco Estrelas, totalizando hoje o recorde de 57.800 sócios ativos;
- Revisão da política de distribuição de ingressos e cortesias;
- Entrada de novos parceiros e patrocinadores;
- Revisão e melhoria de contratos de patrocínios;
- Realinhamento do contrato com a Adidas;
- Criação do setor de Relacionamento com o Torcedor;

Em andamento:

- Renegociação com a Minas Arena sobre débito e novo contrato;
- Estudo do melhor modelo contábil para recuperação e quitação de dívidas;
- Estudo de um melhor aproveitamento dos imóveis, para redução de custos e gerar rentabilidade;
- Reformulação da TV Cruzeiro e expansão da produção e distribuição de conteúdo digital

Cruzeiro