PUBLICIDADE
Topo

Perfil buscado por Enderson afasta indicados de Adilson Batista no Cruzeiro

Meia Felipe Baxola foi pretendido por Adilson Batista quando Enderson Moreira ainda estava no Ceará - Israel Simonton/Ceará
Meia Felipe Baxola foi pretendido por Adilson Batista quando Enderson Moreira ainda estava no Ceará Imagem: Israel Simonton/Ceará

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

01/04/2020 04h00

Há uma semana trabalhando para fazer algumas mudanças no Cruzeiro, o técnico Enderson Moreira já traçou o perfil de atletas que irá solicitar ao departamento de futebol. Além de querer contar com jogadores de características distintas daquelas encontradas no elenco, o comandante também não pretende avaliar a lista de indicações deixada por Adilson Batista antes de ser demitido.

O planejamento de Enderson foi revelado pelo próprio treinador em sua entrevista de apresentação, realizada de forma virtual pelo Cruzeiro. O atacante Rivaldinho, filho do pentacampeão mundial Rivaldo, e o volante Chico, ex-Athletico Paranaense e Palmeiras, entraram no radar celeste com Adilson e Ocimar Bolicenho (ex-diretor de futebol), mas não fazem parte dos planos do novo comandante.

"Não tive acesso a essa lista e acho também que não é conveniente. O Adilson tem seu pensamento, eu penso de outra forma, são diretores diferentes, agora com o Ricardo Drubscky. Estamos no processo de avaliação do elenco, de observar alguns pontos de carência e buscar alternativas no mercado que a gente acha que possam ser interessantes. A gente quer atletas que possam suprir necessidade em termos de características, trazer jogadores com características diferentes daquilo que já temos no elenco, isso é fundamental para podermos ter mais opções na construção da equipe. Acho que estamos produzindo um caminho diferente", comentou Enderson.

Depois de deixar o Cruzeiro, Adilson revelou que tentou contratar sem sucesso o meia Felipe Baxola no início do ano, quando Enderson ainda treinava o jogador no Ceará. Contudo, o novo treinador celeste não pretende retomar as conversas com o, agora, seu ex-comandado. O mesmo acontece com o volante Nilton, campeão brasileiro com a Raposa. Hoje aos 32 anos, o veterano chegou a se oferecer para retornar ao Cruzeiro neste ano de reconstrução, mas não convenceu a diretoria e, pelo visto, nem Enderson Moreira.

"São ótimos atletas. Estive agora com o Baxola [no Ceará] e trabalhei com o Nilton [no Bahia], são atletas de ótima qualidade, mas nós estamos buscando um caminho diferente. Não temos conversado muito sobre esses nomes. Podem ser algum tipo de alternativa, mas não no primeiro momento. A gente tem pensado em outras possibilidades, porque no caso de volantes temos Ariel Cabral e Jean, que chegou agora, são experientes, de perfil interessante. Temos que buscar peças com perfil diferente do que temos hoje no elenco", concluiu.

Cruzeiro