PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Barcelona chega a acordo para cortar salário do elenco em 70%

Lionel Messi, durante jogo do Barcelona - David Ramos/Getty Images
Lionel Messi, durante jogo do Barcelona Imagem: David Ramos/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/03/2020 08h53

O astro argentino Lionel Messi anunciou hoje em sua conta no Instagram que os jogadores do Barcelona aceitaram um corte salarial de 70% durante a pandemia de coronavírus. Além disso, o elenco principal vai doar uma quantia para que os funcionários do clube possam receber 100% do salário. Mais tarde, o Barcelona emitiu um comunicado confirmando o acordo.

Em uma nota divulgada na rede social do camisa 10 do Barça, os atletas do elenco principal disseram que sempre tiveram o intuito de ajudar a população neste momento de dificuldade e que a demora para uma solução só aconteceu por que todos buscavam a melhor forma para reduzir os pagamentos.

Os jogadores foram criticados após a notícia de que haviam rejeitado a primeira oferta do Barça. A nota divulgada hoje, no entanto, mostra que elenco e diretoria tiveram divergências nas negociações.

"Não deixa de nos surpreender que, de dentro do clube, houve quem tratou de nos pressionar para fazer algo que deixamos sempre claro que faríamos", disseram. "Se não falamos até agora era porque a prioridade era encontrar uma forma real de ajudar o clube e também aqueles que serão os mais prejudicados nessa situação."

Em um post no Twitter, o Barcelona confirmou o acordo. "No caso do time principal de futebol, a redução será superior ao 70% proposto inicialmente pelo clube. Esse valor adicional do que foi proposto, mais a ajuda dada pelo Barça, permitirá que todos os funcionários do clube possam cobrar os seus salários integralmente", diz o comunicado.

Barcelona