PUBLICIDADE
Topo

Volante brasileiro: "Neymar e Thiago? Não sei se poderão voltar à Europa"

Neymar poderá voltar para Europa? Volante Fernando diz que não sabe - Reprodução/Instagram/neymarjr
Neymar poderá voltar para Europa? Volante Fernando diz que não sabe Imagem: Reprodução/Instagram/neymarjr

Do UOL, em Porto Alegre

24/03/2020 14h55

O volante brasileiro Fernando disse que não sabe se Neymar e Thiago Silva poderão voltar para Europa em breve. Ao jornal As, o marcador do Sevilla afirmou que se sente mais seguro na Espanha do que estaria no Brasil, porque, segundo ele, as pessoas não respeitam o período de quarentena.

"Eu descartei totalmente (voltar ao Brasil durante este período). Aqui estou mais seguro. Lá as pessoas não ficam em casa, vão à praia, aqui estou melhor com a minha família", disse. "Neymar e Thiago? Não sei se poderão voltar à Europa. Creio que o Brasil vai estar com o mesmo problema dentro de algumas semanas. Acredito que, aqui, em duas ou três semanas começam a baixar os contágios", explicou o jogador.

A resposta veio quando Fernando foi questionado se gostaria de voltar ao Brasil durante o período sem jogos e treinos. O clube pelo qual atua não proibiu qualquer atleta de ficar com seus familiares.

Em seguida, o jogador disse que o povo brasileiro não está acreditando no poder de contágio do coronavírus (covid-19).

"No Brasil não acreditam que será algo grande. Eu falo com a minha família e estão preocupados. Em duas ou mais semanas podem passar pelo que está passando a Espanha. Ninguém esperava isso. É uma coisa que entrará para história, se estudará nos colégios", completou.

Fernando tem 32 anos e atua no Sevilla. No Brasil ele só defendeu o Vila Nova-GO e está no Velho Continente desde 2007. Por lá já defendeu Estrela Amadora e Porto, em Portugal, Manchester City, na Inglaterra, e Galatassaray, na Turquia, antes de se transferir para o futebol espanhol.

"O retorno vai ser difícil para todos. Vamos precisar jogar e recuperar o ritmo muito rápido. Por mais que se treine em casa, é preciso fazer isso em grupo", comentou.

Futebol