PUBLICIDADE
Topo

Seguros de Pedrinho e Antony protegem os jogadores até de coronavírus

Antony e Pedrinho comemoram gol da seleção olímpica - Marcel Lisboa/AGIF
Antony e Pedrinho comemoram gol da seleção olímpica Imagem: Marcel Lisboa/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

24/03/2020 04h00

Classificação e Jogos

Quando o São Paulo e o Corinthians fecharam no mercado da bola as transferências de Pedrinho e Antony para o exterior, acertaram também o seguro para que os jogadores pudessem atuar tranquilos no Brasil sem receios de sofrerem uma lesão. Afinal, a dupla só poderia se transferir para a Europa no segundo semestre e, até lá, jogaria o Campeonato Paulista, o Brasileiro e a Libertadores. Porém, os acordos, os atletas também estão protegidos para outros problemas de saúde, como o coronavírus.

Como os campeonatos nacionais foram paralisados e não há previsão de retorno, existe até a possibilidade de Pedrinho e Antony não defenderem mais Corinthians e São Paulo, respectivamente.

Segundo apurou a reportagem o UOL Esporte, o Ajax foi o responsável por arcar com o seguro de Antony, enquanto o Benfica pagou pelo de Pedrinho.

Antony é um dos principais jogadores do elenco do Tricolor paulista. Negociado com o clube holandês por 16 milhões de euros, ele disputou 52 partidas pelo time do Morumbi e marcou seis gols. Já o Benfica vai desembolsar 20 milhões de euros por Pedrinho, que defendeu o Alvinegro em 141 partidas e fez 12 gols.

São Paulo