PUBLICIDADE
Topo

Flu encaminha acordo com o Del Valle por dívida de Sornoza e Orejuela

Sornoza e Orejuela chegaram ao Fluminense após se destacaram pelo Del Valle - UOL
Sornoza e Orejuela chegaram ao Fluminense após se destacaram pelo Del Valle Imagem: UOL

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

24/03/2020 16h02

Condenado pela Fifa por dívidas com o Independiente del Valle, o Fluminense encaminhou um acordo com o clube equatoriano para quitar os débitos referentes à compra de Orejuela e Soronza, negociação que aconteceu em 2016. A informação foi publicada, primeiramente, pelo "Netflu" e confirmada pelo UOL Esporte.

Segundo o UOL Esporte apurou, ficou selado entre as partes que a dívida será paga até o fim do ano. O valor inicial do débito seria de 3,75 milhões de dólares, algo em torno de R$ 19 milhões. Porém, valor ressaltar que haverá juros e correções sobre essa quantia.

O Fluminense foi condenado pela Fifa em três oportunidades: pelo não pagamento de parcelas da compra do Sornoza e também de Orejuela e ainda por não ter repassado ao Del Valle os valores referentes à venda de Sornoza ao Corinthians - tratativa concretizada no começo do ano passado.

Orejuela e Sornoza acertaram com o Fluminense no fim de 2016, ainda na gestão do presidente Peter Siemsen. À época, o Tricolor desembolsaria 1,8 milhão de dólares por jogador (R$ 8 milhões em números atuais). Diante dos atrasos, o clube equatoriano acionou a Fifa no ano seguinte, com o Flu já sob comando de Pedro Abad.

Atualmente, Orejuela está no Querétaro, do México, enquanto Sornoza está na LDU, do Equador.

Fluminense