PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogadoras criam campanha para arrecadar fundos para afetados pela covid-19

Ingrid Syrstad Engen, jogadora do Wolfsburg - Reprodução / Instagram
Ingrid Syrstad Engen, jogadora do Wolfsburg Imagem: Reprodução / Instagram

Do UOL, em São Paulo

21/03/2020 14h47

Ingrid Syrstad Engen, meio-campista norueguesa do Wolfsburg, iniciou uma campanha nas redes sociais. Usando a hashtag "SocialResponsibility" ("Responsabilidade Social", em português", a jogadora pediu ao seu clube que doasse 10% do seu salário anual para as pessoas afetadas pela pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito no Instagram da atleta.

"A ideia foi desenvolvida junto com outros jogadores e esperamos que seja usada para ajudar quem foi afetado pela pandemia. Espero que mais jogadores se envolvam e tomem medidas para retribuir às comunidades que nos apoiam e nos animam. Fiquem seguros!", escreveu Ingrid.

Companheira de Ingrid na seleção da Noruega de futebol feminino, Caroline Graham Hansen aderiu à campanha, afirmou o jornal espanhol Marca.

Recentemente, o Celtic também doou 150 mil libras esterlinas (aproximadamente R$ 885 mil) para a comunidade local afetada pela pandemia do novo coronavírus por meio do fundo "Football for Good" ("Futebol para o Bem", em português).

Futebol