PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Vasco cria cartilha do coronavírus, e jogadores treinam em casa

Atacante argentino Germán Cano faz exercícios particulares em sua residência no Rio de Janeiro - Instagram / Germán Cano
Atacante argentino Germán Cano faz exercícios particulares em sua residência no Rio de Janeiro Imagem: Instagram / Germán Cano

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

20/03/2020 04h00

Com os campeonatos suspensos, os jogadores do Vasco foram liberados dos treinamentos desde a última terça-feira (17). O clube, porém, adotou uma cartilha de procedimentos elaborada em sinergia entre os departamentos médico, preparação física, fisiologia, nutrição e psicologia para ser adotada pelos atletas no período de quarentena e precaução ao coronavírus.

Muitos estão se exercitado dentro de suas residências para manter a forma, casos de Leandro Castan, Germán Cano, Fellipe Bastos, Martín Benítez, Marcos Júnior, Henrique e Tiago Reis. Alguns deles com preparadores físicos particulares.

Diretor médico do Vasco, Marcos Teixeira deu detalhes da cartilha ao UOL Esporte:

"Foi uma cartilha desenvolvida pelo departamento médico e que envolveu quase todos os setores na parte da medicina. Ela orienta sobre os sintomas principais, a forma de prevenção, o que fazer, quem procurar em caso de suspeita...Tem a parte da fisioterapia, mostrando algumas atividades de mobilidade articular, exercícios fisioterápicos... O pessoal da preparação física desenvolveu exercícios diários para que os atletas não permaneçam parados. Eles não envolvem a necessidade de aparelho, serve para qualquer jogador, tendo academia em casa ou não, campo em casa ou não. Tem a parte nutricional também, para que não ganhem peso neste período sem atividades de alto rendimento. Então, é uma cartilha bem ampla no intuito de minimizar ao máximo esse período de inatividade;"

Diretor-executivo de futebol, André Mazzuco ressaltou o contato diário que o clube tem feito com os atletas no período de suspensão de atividades.

"Essa parada é um fenômeno atípico. Obviamente traz problemas para nossa continuidade de trabalho, os atletas deixam de treinar. Desenvolvemos uma cartilha do departamento para orientar os atletas. Todos os setores do clube foram envolvidos: departamento médico, fisiologia, fisioterapia, preparação física, psicológico e nutrição, todos se envolveram na cartilha. É um momento incomum para todos. Mantemos o contato natural e diário com todos. Estamos aguardando para entender quanto tempo isso pode durar", declarou à Vasco TV.

Capitão da equipe, o zagueiro Leandro Castan gravou um vídeo pedindo para que as pessoas sigam as recomendações do Ministério da Saúde no combate ao coronavírus:

Lesionados têm trabalho específico

Os jogadores lesionados ou que ainda estão em processo de transição ganharam trabalhos específicos para estes dias, casos do atacante Talles Magno e do zagueiro Breno. Já o lateral esquerdo Ramon, que passou por cirurgia no joelho direito recentemente, está sob orientações do médico que o operou.

"Desenvolvemos atividades específicas para grupos especiais. Alguns a gente vai na casa deles e em outros disponibilizamos nosso espaço para fazer as atividades. Mas vale ressaltar que é um grupo muito pequeno, onde tomamos todas as precauções, mantemos a distância, porque o que a gente não quer é esse contato direto entre jogadores, comissão técnica...", disse o diretor médico Marcos Teixeira.

Treinos suspensos, pelo menos, até o dia 23

Os treinamentos do Vasco estão suspensos, a princípio, até a próxima segunda-feira (23). Hoje (20), porém, o clube pretende dar um novo pronunciamento se voltará com as atividades ou prolongará a suspensão.

Além do cancelamento dos treinos no CT do Almirante, o Cruz-Maltino fechou as sedes da Lagoa e do Calabouço e está operando em São Januário com uma equipe bem reduzida de funcionários, que estão se revezando em sistema de rodízio. Outros trabalham no esquema de home office.

A pandemia de coronavírus também fez com que o presidente do clube, Alexandre Campello, protocolasse uma solicitação de paralisação da análise da lista de sócios aptos a voto na eleição presidencial do fim do ano e também na Assembleia Geral para referendar as eleições diretas e a reforma do estatuto.

Vasco