PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: 'Temos que pensar no próximo', diz Willian, do Chelsea

Willian, do Chelsea, em jogo contra o Burnley - Ben Stansall/AFP
Willian, do Chelsea, em jogo contra o Burnley Imagem: Ben Stansall/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/03/2020 15h14

Sem sair de casa há seis dias, Willian, jogador do Chelsea, pediu para 'cada uma fazer a sua parte' para combater a covid-19. Realizando os treinos em casa para manter a forma física, o atleta do time inglês falou, em entrevista ao Jogo Aberto, sobre a situação da Inglaterra em meio a pandemia do coronavírus.

O brasileiro - assim como os demais jogadores, comissão técnica e parte dos funcionários do Chelsea - está em isolamento por conta do resultado positivo do atacante Callum Hudson-Odoi.

"Um momento difícil para nós. Já é o sexto dia que eu estou sem sair de casa para nada e, de alguma forma, tenho que arrumar um jeito de fazer alguns treinos dentro de casa para manter a forma. É um momento difícil, a gente não pode sair. No prédio onde eu moro tem academia, não posso sequer descer lá para fazer nenhum tipo de exercício. Espero que esse momento difícil que o mundo todo está passando possa acabar o mais rápido possível e tudo possa voltar ao normal", contou o jogador.

"Esse é o momento que temos que pensar no próximo. Só dessa forma que isso vai acabar. Se cada um fizer a sua parte, creio que isso vai acabar o mais rápido possível", completou.

Por conta da covid-19, o Campeonato Inglês está paralisado até o dia três de abril. Já a Liga dos Campeões está suspensa por tempo indeterminado.

UOL Esporte vê TV