PUBLICIDADE
Topo

De volta ao Fluminense, Wellington Silva repete 'pé-quente' contra o Vasco

Pelo Fluminense, Wellington Silva é "pé-quente" contra o Vasco - Lucas Merçon/Fluminense FC
Pelo Fluminense, Wellington Silva é "pé-quente" contra o Vasco Imagem: Lucas Merçon/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

17/03/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Fluminense venceu o Vasco por 2 a 0, pela Taça Rio, e encerrou um tabu de três anos sem bater o rival. Entre os dez jogos sem vitória no clássico, uma coisa não mudou: Wellington Silva continua dando sorte contra o Cruz-Maltino.

O atacante é o único do atual elenco que estava em campo no último triunfo do Tricolor sobre o time de São Januário antes da sequência negativa, na goleada por 3 a 0, em 2017. Aquela partida também significou a quebra de um jejum: a primeira vitória tricolor atuando com sua torcida do lado direito das cabines de TV e rádio do Maracanã, mudança que ocorreu após a celebração do contrato entre o clube e a antiga concessionária. O Cruz-Maltino, que detinha a preferência daquele lado, até hoje disputa o espaço com o time das Laranjeiras.

De volta ao Flu em 2020, Wellington não se considera "pé-quente", mas acredita que os clássicos são sempre diferentes para os jogadores.

"Pode ser que nos clássicos a gente entre mais pilhado e concentrado. Mas não sei dizer se é isso. A vontade de vencer sempre é a mesma. Não acredito nisso de pé-quente porque joguei várias vezes contra o Vasco em diversos momentos diferentes. Acho que é coincidência", declarou, com exclusividade, ao UOL Esporte.

Como profissional, em cinco jogos, Wellington Silva venceu três vezes e marcou dois gols, ambos na passagem anterior, quando o Fluminense venceu dois clássicos seguidos contra o Cruz-Maltino por 3 a 0. Aquele time, curiosamente, era comandado por Abel Braga, que acabou deixando o cargo no Vasco após a derrota no domingo (15).

"Tenho uma lembrança justamente do gol de letra (risos). Um dos mais bonitos da minha carreira, principalmente pela jogada e por ter sido no Maracanã", relembrou o atacante.

Em 2020, o Flu venceu três dos quatro clássicos que disputou, e o bom aproveitamento no Carioca alça o Tricolor à liderança geral da competição, fato que pode ser importante por manter uma "dupla chance" de chegar à decisão. Além de se classificar para a grande final em caso de título da Taça Rio, o Fluminense também faria final com o Flamengo caso o rival vença o returno, já que o regulamento prevê um confronto entre o vencedor das duas taças, se for a mesma equipe, contra o time de melhor campanha na tabela geral.

Fluminense