PUBLICIDADE
Topo

O que Sampaoli aprovou e do que ele não gostou em estreia no Atlético-MG

Jorge Sampaoli, técnico do Atlético-MG, durante partida contra o Villa Nova - Bruno Cantini/Agência Galo/Atlético
Jorge Sampaoli, técnico do Atlético-MG, durante partida contra o Villa Nova Imagem: Bruno Cantini/Agência Galo/Atlético

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

16/03/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Sampaoli aprovou a primeira semana de trabalho à frente do Atlético-MG
  • Ele disse a membros do estafe que gostou do que viu, mas fez ressalvas
  • O argentino fez elogios ao grupo que tem à disposição, mas ainda quer reforços
  • Em que pese todos os elogio, o técnico acha que o primeiro jogo foi prejudicado
  • Jorge Sampaoli não fala abertamente, mas reprovou o campo do Castor Cifuentes
  • O treinador também fez críticas internas ao Villa, que luta contra uma queda
Classificação e Jogos

Jorge Sampaoli aprovou a primeira semana de trabalho à frente do Atlético-MG. O técnico preferiu não conceder entrevista coletiva após a vitória sobre o Villa Nova, no sábado (14). Entretanto, disse a membros de seu estafe que gostou do que viu na Cidade do Galo. Por outro lado, apontou o campo do estádio Castor Cifuentes e o adversário da estreia como dois aspectos negativos.

O argentino fez elogios ao grupo que tem à disposição, mesmo que ainda exija reforços no mercado da bola. O treinador quer ao menos cinco contratações pensando na temporada 2020. Ele imagina as chegadas de um goleiro, um zagueiro, um meio-campista e dois atacantes.

O técnico gostou também da atuação dos jogadores em seu primeiro compromisso no novo cargo. Sampaoli fez elogios à forma de atuar de seus comandados aos companheiros de comissão técnica.

Em que pese todos os elogios feitos aos jogadores que estão à sua disposição, o técnico reconhece que sua estreia foi prejudicada por dois aspectos: o gramado do estádio Castor Cifuentes e a qualidade do adversário.

Sampaoli não fala abertamente, mas reprovou o campo do Castor Cifuentes. Ele crê que o gramado prejudicou a sua equipe durante os 90 minutos do jogo, válido pela nona rodada do Campeonato Mineiro 2020. O treinador também fez críticas internas ao Villa Nova, que luta contra o rebaixamento no Estadual. O estrangeiro vê o adversário como um time de nível abaixo do que será visto no decorrer do ano.

O próximo compromisso do Galo sob a batuta de Jorge Sampaoli seria diante do América-MG, em 22 de março, no próximo domingo, às 16h (de Brasília), no Independência. No entanto, devido à pandemia do coronavírus, o estadual foi suspenso.

Atlético-MG