PUBLICIDADE
Topo

Paulo Nunes: 'Não fui à Copa por erro meu, não fui injustiçado na seleção'

Paulo Nunes durante o programa Segue o Jogo - Reprodução/Globo
Paulo Nunes durante o programa Segue o Jogo Imagem: Reprodução/Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

16/03/2020 18h35

Comentarista do Grupo Globo, Paulo Nunes fez um balanço sobre sua passagem pela seleção brasileira e afirmou que não acredita ter sido injustiçado pelo fato de nunca ter disputado uma Copa do Mundo.

"Não fui injustiçado na seleção, não. Eu vejo alguns amigos reclamando, dizendo que deveriam ter jogado três, quatro Copas do Mundo. Mas você olha os convocados e pensa: quem ia sair da seleção pra esse cara entrar? ", disse em entrevista a Alê Oliveira, no canal De Sola, no YouTube.

Paulo Nunes, que atuou profissionalmente entre 1990 e 2003, fez uma análise sobre os mundiais que poderia ter disputado, e avaliou que esteve mais próximo de jogar a Copa do Mundo de 1998, na França.

"Eu acho que eu poderia ter ido para uma Copa, mas não fui por um erro meu, não ponho na conta de ninguém. Foi um erro de estratégia de carreira. Eu fui campeão com a seleção da Copa América em 1997 e o Zagallo me disse que eu não iria para a Copa porque eu saí do Grêmio e fui para o Benfica. Eu volto para o Brasil em 1998 pensando em disputar a Copa mas aí já era tarde. Em 1994, eu estava machucado, mas também não acho que seria convocado se estivesse bem. E em 2002, minha carreira já estava na descendente. Então, minha chance seria em 1998", completou.

UOL Esporte vê TV