PUBLICIDADE
Topo

Paulista - 2020

Pablo marca 2, SPFC vence Santos no Morumbi vazio e encaminha classificação

Do UOL, em São Paulo

14/03/2020 20h56

Classificação e Jogos

Em um Morumbi que não recebeu torcida como medida contra a pandemia do coronavírus, o São Paulo venceu Santos por 2 a 1 de virada hoje (14), pelo Campeonato Paulista. Com um jogador a mais desde a expulsão de Jobson na reta final do primeiro tempo, o Tricolor construiu o placar com dois gols de Pablo na segunda etapa. Os visitantes abriram o placar com Arthur Gomes.

Com o resultado, o São Paulo passou a somar 18 pontos e ficou muito perto da classificação para a próxima fase - caso o Ituano não vença o Corinthians amanhã, o time de Fernando Diniz estará matematicamente assegurado nas quartas de final. Já o Peixe permanece na ponta do Grupo A, com 15.

Pablo, que não balançava as redes desde o dia 22 de janeiro, contra o Água Santa, desencantou e marcou dois. O Santos saiu na frente com Arthur Gomes e até teve bom desempenho na primeira metade da partida, mas com um jogador a menos perdeu rendimento e permitiu a virada.

Portões fechados

Os portões fechados deixaram o clima da partida com cara de amistoso de pré-temporada. Por isso, a recepção da delegação do São Paulo foi bastante diferente da que aconteceu na quarta-feira, quando o Tricolor venceu a LDU, pela Copa Libertadores.

"É diferente [jogar sem torcida], mas estávamos focados. Voltou variar mais a jogada para fazer o gol", disse o zagueiro Bruno Alves.

Chegada na quarta-feira:

Chegada hoje:

Quem foi bem do São Paulo

Pablo entrou no segundo tempo, deixou o time mais organizado e marcou dois gols, garantindo a virada tricolor.

Quem foi bem do Santos

Arthur Gomes foi responsável por toda a construção do gol santista, tabelando com Carlos Sánchez e recendo a bola de Pará para finalizar. Teve apenas mais uma finalização que passou longe do gol, além de uma outra tabela com Pará, ambas com direito a toque de letra.

Quem foi mal do São Paulo

Antony errou o passe no lance do gol do adversário e teve rendimento abaixo do esperado.

Quem foi mal do Santos

Jobson foi expulso no fim do primeiro tempo e deixou o campo chorando. O volante havia recebido o primeiro cartão amarelo aos 16 minutos e levou o segundo aos 45, após falta violenta em Daniel Alves.

Desempenho do São Paulo

O Tricolor até tentou impor o seu ritmo no início do confronto, mas faltava objetividade ao time. Por outro lado, a equipe cometeu alguns erros, como no lance do gol de Arthur Gomes. Com um jogador a mais e a entrada de Pablo, o Tricolor passou a ter mais chances no segundo tempo.

Desempenho do Santos

O time soube atrair o rival e esperar o momento correto para atacar. Assim, correu poucos riscos e abriu o placar. Porém, Jobson cometeu falta violenta em Daniel Alves, foi expulso e deixou a equipe com um a menos. No segundo tempo, a equipe não conseguiu segurar o ímpeto do Tricolor e cometeu falhas nos lances de bola parada.

Cronologia do jogo

A partida começou com ritmo mais lento. O São Paulo até tinha mais volume e chegava ao ataque, porém faltava precisão no último passe ou no arremate. O Santos atuava no contragolpe e tentava se aproveitar os erros dos tricolores. Antony, por exemplo, até tentou finalizar aos quatro minutos, mas parou no goleiro Everson.

A tática alvinegra deu o resultado esperado aos 29 minutos. Antony errou o passe na saída de bola. Após boa jogada santista, Arthur Gomes mandou para o fundo das redes. Com a vantagem, os visitantes recuaram ainda mais. Com isso, o Tricolor pressionou e teve boas chances, com Antony e Bruno Alves, que quase fez o seu de cabeça. A situação para os visitantes ficou complicada quando Jobson acertou Daniel Alves e recebeu o cartão vermelho ainda na primeira etapa.

Para deixar o time ainda mais ofensivo, Diniz tirou Bruno Alves e colocou Pablo. A mudança deu certo, e o time conseguiu a virada. O camisa 9 primeiro aproveitou a falha geral em cobrança de falta de Daniel Alves e mandou para o fundo das redes. Mais tarde, o atacante fez o segundo de cabeça após cruzamento de Pato.

FICHA TÉCNICA:
SÃO PAULO 2 x 1 SANTOS

Data: 14 de março de 2020, sábado
Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Competição: Campeonato Paulista, 10ª rodada
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa
Cartões amarelos: Arboleda, Tchê Tchê e Pablo (São Paulo); Jobson e Arthur Gomes (Santos)
Cartão vermelho: Jobson
Gols: Arthur Gomes aos 29 minutos do 1º tempo; Pablo aos 7 minutos do 2º, Pablo aos 21 do 2º.

SÃO PAULO: Lucas Perri; Juanfran, Bruno Alves (Pablo), Arboleda e Reinaldo; Tchê Tchê, Daniel Alves e Igor Gomes (Hernanes); Antony, Pato e Vítor Bueno. Técnico: Fernando Diniz.

SANTOS: Everson; Pará, Luan Peres, Lucas Veríssimo e Felipe Jonatan; Jobson, Diego Pituca e Sánchez (Evandro); Soteldo (Tailson), Arthur Gomes e Yuri Alberto (Madson). Técnico: Jesualdo Ferreira.