PUBLICIDADE
Topo

Qual o plano do Atlético-MG com ambiciosos Mattos e Sampaoli para o mercado

Alexandre Mattos é o novo diretor de futebol do Atlético-MG. Ele tenta reforçar o time no mercado da bola - Divulgação/Atlético-MG
Alexandre Mattos é o novo diretor de futebol do Atlético-MG. Ele tenta reforçar o time no mercado da bola Imagem: Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

14/03/2020 04h00

Resumo da notícia

  • O Atlético-MG promete se movimentar ainda mais no mercado da bola. A pedido de Jorge Sampaoli, o clube busca até cinco reforços
  • Para atender as exigências do argentino, o presidente Sérgio Sette Câmara foi atrás de um novo diretor de futebol: Alexandre Mattos
  • Sampaoli entregou uma lista com possíveis reforços e quer que a diretoria busque um goleiro, um zagueiro, um meio-campista e dois atacantes
  • O argentino recomendou nomes como o goleiro Everson, os zagueiros Dedé, Cacá e Lucas Veríssimo, o meia Carlos Sánchez e o atacante Eduardo Sasha
  • Mattos é quem tenta atender as exigências do técnico. Ele já se reuniu com empresários por reforços. O clube tem aporte do conselheiro Rubens Menin

O Atlético-MG promete se movimentar ainda mais no mercado da bola. A pedido de Jorge Sampaoli, o clube busca até cinco reforços nesta janela de transferências. Para atender as exigências do argentino, o presidente Sérgio Sette Câmara foi atrás de um novo diretor de futebol. Alexandre Mattos, antigo executivo do Palmeiras, assumiu o cargo de forma oficial há dois dias e já trabalha por contratações na Cidade do Galo.

Sampaoli entregou uma lista com possíveis reforços e quer que a diretoria busque um goleiro, um zagueiro, um meio-campista e dois atacantes. Nas sugestões feitas à cúpula, o argentino recomendou nomes como o goleiro Everson, os zagueiros Dedé, Cacá e Lucas Veríssimo, o meio-campista Carlos Sánchez e o atacante Eduardo Sasha. Róger Guedes foi colocado em pauta pela diretoria e aprovado pelo treinador.

O diretor de futebol Alexandre Mattos é quem tenta atender as exigências feitas pelo técnico. O novo dirigente atleticano já se encontrou com empresários a fim de anunciar novos reforços. Para facilitar o seu trabalho, o mandatário Sérgio Sette Câmara conseguiu o aporte de Rubens Menin, conselheiro e patrocinador do clube.

Jorge Sampaoli fez exigências ao Atlético-MG no mercado da bola - Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG
Jorge Sampaoli fez exigências ao Atlético-MG no mercado da bola
Imagem: Bruno Cantini/Divulgação/Atlético-MG

Mesmo que tenha dinheiro disponível para buscar reforços, Alexandre Mattos terá que se adequar à realidade financeira do clube, de acordo com o presidente.

"Todas as contratações são analisadas e têm de ser concretizadas em situação que caiba no nosso bolso. Que a gente tenha condição de fazer a contratação, como também de arcar com todos os encargos inerentes a essa contratação, principalmente pagamento de salários. Uma das coisas que o Sampaoli me colocou, quando da contratação dele, foi de manter os salários dos jogadores em dia. A gente sabe que nem sempre é possível, é difícil, mas vamos fazer um grande esforço para isso", disse Sérgio Sette Câmara à Rádio Itatiaia.

"Então, não tem irresponsabilidade nenhuma. Hoje, todos os números do Atlético são objeto de análises, de auditoria e de prestação de contas. Portanto, não temos nenhum receio em relação a isso, não vamos fazer nenhuma loucura", acrescentou.

O UOL Esporte adiantou que Mattos já trabalha na busca por reforços antes mesmo de ser anunciado pelo Altético. O dirigente é quem trata as negociações envolvendo Lucas Veríssimo e Róger Guedes. Paulo Pitombeira é o responsável por conduzir as tratativas com o dirigente.

Atlético-MG