PUBLICIDADE
Topo

Lugano considera positivo adiar Libertadores por causa do coronavírus

Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Diego Lugano, superintendente de relações institucionais do São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

12/03/2020 19h11

Classificação e Jogos

O São Paulo recebeu hoje à tarde a notícia de que a terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores estava adiada por causa do coronavírus. Era para o Tricolor Paulista enfrentar o River Plate, da Argentina, na próxima terça-feira, no Morumbi. O superintendente de relações institucionais do clube, Diego Lugano, considerou sensata a decisão.

"Você vê a cada hora países tomando medidas drásticas para proteger o povo. No Paraguai e na Argentina já não têm escola. Então, faz todo sentido que o espetáculo esportivo seja postergado. A saúde vem primeiro. Esportivamente é melhor suspender o jogo do que jogar com portões fechados, porque aí perde todo o sentido da competição", disse o uruguaio.

Ainda não há uma previsão de quando a Libertadores será disputada. O São Paulo enfrenta o Santos, neste sábado, pelo Campeonato Paulista.

"A gente tinha planejado uma coisa para sábado e outra para terça-feira. Essa informação chegou agora, o planejamento terá que mudar. Vamos nos adaptar, porque com certeza em breve vamos ter algo aqui no Brasil também. Você vê como todos os países estão reagindo rapidamente. Na França desde a Segunda Guerra Mundial não se suspendia um campeonato", afirmou Lugano.

São Paulo