PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Diretoria do Cruzeiro decide demitir Adilson Batista e já estuda substituto

Adilson Batista não é mais técnico do Cruzeiro - Douglas Magno/Light Press/Cruzeiro
Adilson Batista não é mais técnico do Cruzeiro Imagem: Douglas Magno/Light Press/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

12/03/2020 12h20

Após a derrota vexatória de 2 a 0 que o Cruzeiro sofreu para o CRB, na noite da última quarta-feira (11), os gestores do clube celeste se reuniram nesta manhã de quinta para discutir a situação do técnico Adilson Batista. A saída encontrada pela diretoria foi pela demissão do comandante, que deve ser oficializada ainda nesta tarde.

Mesmo que o clube esteja vivendo um momento de reconstrução, com forte crise financeira e a saída de vários jogadores importantes, Adilson Batista foi muito questionado por não conseguir fazer mais com as peças que tem no time. Em onze jogos nesta temporada, ele obteve quatro vitórias, quatro empates e três derrotas, mas não viu boas atuações de sua equipe nem mesmo nos triunfos alcançados.

A oficialização da saída de Adilson deverá acontecer já nas próximas. A assessoria de imprensa do treinador, no entanto, informou que Adilson não recebeu nenhuma comunicação até o momento. Apesar disso, a diretoria já pensa nos possíveis substitutos para o cargo. Um nome desejado e dentro da realidade é o de Guto Ferreira, que conquistou acessos para a primeira divisão com a Ponte Preta, Bahia, Internacional e Sport, além de estar desempregado. Enderson Moreira, hoje no Ceará, também está na mira dos diretores.

Cruzeiro