PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Coronavírus: Conmebol diz que estudará cada caso e mantém Eliminatórias

Seleção Brasileira durante amistoso - Pedro Martins / MoWA Press
Seleção Brasileira durante amistoso Imagem: Pedro Martins / MoWA Press

Do UOL, em São Paulo

11/03/2020 13h54

A Conmebol não adiou os primeiros jogos das Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2022. No Twitter, a entidade explicou que, por conta do coronavírus, estudará casos específicos de acordo com as regulações de cada país, além de ressaltar que as Eliminatórias dependem da Fifa.

"A Conmebol analisará detalhadamente cada caso e como afetam as suas competições, e acatará as decisões das autoridades sanitárias, respeitando sempre as regulações locais", escreveu a entidade.

"Diante das frequentes consultas sobre as Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, a Conmebol recorda que essa é uma competição realizada pela Fifa e qualquer notícia a respeito será comunicada pelos canais oficiais da entidade. As partidas da Libertadores e da Sul-Americana no Paraguai acontecerão com portões fechados conforme ordenou a administração pública local", seguiu o comunicado.

Na manhã de hoje, o canal argentino TyC Sports afirmou que os dois primeiros jogos das Eliminatórias da América do Sul para a Copa do Mundo de 2022 seriam suspensos.

A previsão é de que a Seleção Brasileira estreie contra a Bolívia no próximo dia 27 e viaje para o Peru para enfrentar a equipe de Ricardo Gareca no dia 31. Diversos jogadores do Brasil que foram convocados atuam em países que estão em estado de emergência na Europa e este pode ter sido um dos motivos da preocupação.

*Com informações da LancePress

Futebol