PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogador da segunda divisão alemã testa positivo para coronavírus

Timo Hübers, que recebe a falta, é o primeiro caso confirmado de jogador de futebol profissional com Covid-19 - Fabian Bimmer / Reuters
Timo Hübers, que recebe a falta, é o primeiro caso confirmado de jogador de futebol profissional com Covid-19 Imagem: Fabian Bimmer / Reuters

Do UOL, em São Paulo

11/03/2020 12h03

O Hannover 96 anunciou que o zagueiro Timo Hübers, de 23 anos, está com a Covid-19, após testes feitos por uma equipe médica. O clube afirmou que Hübers não teve contato com outros colegas desde a infecção e que "não se pode presumir" que os outros integrantes do time possam ter sido infectados também. Hübers é o primeiro jogador profissional com coronavírus registrado até agora.

Um comunicado publicado pelo Hannover diz que provavelmente o zagueiro teve contato com o coronavírus em um evento no sábado (7) na sua cidade natal, Hildesheim, no norte da Alemanha.

O diretor esportivo do clube, Gerhard Zuber, afirmou que o jogador não demonstrou nenhum sintoma até agora. "Quando descobriu que uma pessoa que estava com ele no evento havia testado positivo, ele relatou diretamente ao médico e, temporariamente, ficou em quarentena em casa".

Timo Hübers ainda permanece em isolamento. Mesmo não tendo contato com o zagueiro, os demais atletas, funcionários e diretoria serão testados por precaução. O clube informou que a preparação para o próximo confronto da segunda divisão contra o Dynamo Dresden, domingo (15) segue normalmente, sem Hübers.

O jogador atuou como titular nas últimas três partidas do Hannover 96, após se recuperar de uma lesão no joelho. Ele marcou o primeiro gol da vitória sobre o Nuremberg por 3 a 0 na última sexta-feira (06).

O Hanoover 96 está na nona posição da segunda divisão do Campeonato Alemão. Alguns jogos na Alemanha serão com portões fechados para evitar o risco de disseminação do coronavírus, mas a partida entre Hannover 96 e Dynamo Dresden não está com a restrição.

A Alemanha registrou mais de mil casos da Covid-19 e duas mortes confirmadas. A primeira-ministra Angela Merkel afirmou que ao menos 60% da população do país pode ser infectada pela doença.

Futebol