PUBLICIDADE
Topo

Liga dos Campeões 2019/2020

Classificação do PSG tem choro de Neymar e comemoração polêmica em campo

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/03/2020 19h24

Apesar de um Parque dos Príncipes vazio hoje (11), em medida de prevenção contra a pandemia de coronavírus, o elenco do Paris Saint-Germain usou a estrutura do estádio para comemorar a classificação para as quartas de final da Liga dos Campeões. Durante a celebração, Neymar comandou a festa após um momento de lágrimas, enquanto o restante do elenco promoveu uma ação provocativa contra a própria diretoria do clube parisiense.

Após o apito final, Neymar subiu alguns degraus na arquibancada e chorou muito. O brasileiro demonstrou estar emocionado logo após o encerramento da partida, que decretou a vitória por 2 a 0 do PSG sobre o Borussia Dortmund e a classificação para o grupo dos oito melhores da Champions League.

Autor do primeiro gol da vitória, o craque brasileiro foi chamado pelos companheiros e rodou a camisa ao lado dos outros jogadores no centro do gramado. A cena é a mesma que rendeu recentemente uma polêmica interna no clube, quando Neymar, Cavani e Keylor Navas irritaram a diretoria com atitude semelhante.

As provocações, contudo, se estenderam a outro personagem. O jovem Haaland, jogador do Borussia Dortmund e sensação da atual edição da Uefa Champions League, teve a comemoração imitada por Neymar durante o jogo e por parte do elenco do PSG após o confronto em Paris.

Os jogadores foram ao centro do gramado e repetiram a pose de meditação, marca registrada do atacante norueguês - que havia feito a celebração na vitória alemã na partida de ida.

Os jogadores ainda usaram uma brecha no estádio para observarem a festa do torcedor nas ruas ao redor do Parque dos Príncipes. Por precaução diante da pandemia de coronavírus, o confronto na capital francesa ocorreu sem público.

A vitória desta quarta-feira registrou a primeira passagem do PSG para as quartas de final da Liga dos Campeões desde a temporada 2015/2016.

Naquela ocasião, o time francês eliminou o Chelsea nas oitavas e acabou eliminado pelo Manchester City na fase seguinte.